Milionário chinês transforma a vida das famílias do vilarejo onde nasceu

Felizmente, nem todo mundo que sobe na vida esquece das suas origens. O milionário chinês Xiong Shuihua, de 54 anos, é um desses exemplos. Ele nasceu em um vilarejo pobre chamado Xiongkeng, no sul da China.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Xiong vivia em um barraco de madeira rodeado por ruas cheias de lama. Há 5 anos, ele visitou o lugar e ficou arrasado ao ver que a situação no vilarejo-natal não tinha melhorado.

Ele então contratou uma empresa para demolir todas as casas do bairro. No lugar dos barracos, Xiong construiu apartamentos de luxo para 72 famílias, e asfaltou todas as ruas. As 18 famílias que mais ajudaram o milionário na infância ganharam a nova casa com um jardim.

“Eu ganhei mais dinheiro do que eu poderia gastar e eu não queria esquecer as minhas raízes“, explica o empresário chinês, que fez fortuna na indústria do aço. “Eu sempre paguei as minhas dívidas e eu queria ter certeza de que as pessoas que ajudaram a mim e à minha família quando eu era mais jovem também seriam recompensadas.”

97e57f5b84abbdc71c354258ed778283

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1d308e3f2986703a2e56e14f7cd54a70

Xiong também garantiu que os habitantes mais idosos do local pudessem comer três refeições ao dia. Esse chinês tem “sim” ou “com certeza” um coração de ouro?!

Com informações do Não Acredito

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A reação de um cachorrinho ao chupar limão

Sabe aquela sensação de arrepio e frio na espinha quando você chupa um limão? Então, não é só você que sente isso! Olha a...

Graffitis mostram que calçadas sem rampas se tornam muros para quem é cadeirante

De acordo com o último censo demográfico, publicado pelo IBGE em 2010, mais de 45 milhões de pessoas declararam ter pelo menos um tipo...

Paris vai ganhar primeira aldeia flutuante no meio da natureza

Em poucos anos, um estacionamento à beira de Paris vai se transformar no que os arquitetos chamam de "uma aldeia flutuante no meio de uma...

Faça como o chef Henrique Fogaça, leve seu pet para doar sangue aos animais de Brumadinho

A cachorrinha Granola doou sangue para animais que sobreviveram à tragédia em Brumadinho.

Quase 200 pessoas vão a abrigos confortar cães durante fogos de artifício

Quase 200 pessoas confortaram cães de dois abrigos durante fogos de artifício no Dia da Independência dos Estados Unidos.

Instagram