Mineiro cumpre promessa e doa uma marmita para cada dia que ficou desempregado

0
515

O economista mineiro Lucas Lanza, de 36 anos, transformou momentos de apreensão em boas ações. Isso porque ele prometeu que doaria para caridade uma marmita para cada dia que permaneceu desempregado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao todo, a espera durou 123 dias – de fevereiro a junho deste ano, quando Lucas conseguiu uma vaga de analista financeiro em Belo Horizonte (MG), onde mora com a família.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, Lucas contou que tirou alguns dias para descansar após o desligamento e depois iniciou uma busca incansável por um novo trabalho. Nesse meio-tempo, teve uma conversa com a esposa, quando fez a promessa.

Mineiro faz promessa e doa uma marmita para cada dia que ficou desempregado

Desde que conquistou o emprego, no dia 13 de junho, o analista vinha se preparando para pagar o prometido. “Em conversa com meus pais e minha companheira definimos qual seria a melhor opção de refeição. Optamos por arroz, feijão, carne de porco e batata cenoura e abobrinha cozidas”, lembrou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No último sábado (20), a promessa foi cumprida na área hospitalar e região Central da capital mineira, quando Lucas começou a distribuir as quentinhas por volta das 19 horas.

Mineiro faz promessa e doa uma marmita para cada dia que ficou desempregado

“Fiz uma promessa de que quando conseguisse um novo emprego eu distribuiria em refeições o mesmo número de dias que eu fiquei desempregado. Ontem cumpri. 123 Marmitex distribuídos para moradores de rua em BH”, escreveu o rapaz no Twitter, mostrando a foto das comidas prontas.

“Foi muito bom poder ajudar essas pessoas. Talvez aquela marmita foi a única refeição delas no dia”, lembrou. “E eu que agradeço a oportunidade de compartilhar esta experiência e espero que possa incentivar mais pessoas a ajudar porque tem muita gente precisando”, completou Lucas.

Mineiro faz promessa e doa uma marmita para cada dia que ficou desempregado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mais doações a caminho

Dias depois, em outra publicação online, o analista financeiro confirmou a um internauta que o segue que deseja fazer uma entrega de marmitas a cada 2 meses.

“Mas, tem esse tanto de gente abandonada nas ruas?”, perguntou um seguidor. “Tem muito mais que isso”, alertou Lucas, sugerindo que outras pessoas façam como ele. A união faz a força!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Lucas Lanza Meirelles Souza (@lucaslanzameirellessouza)

Fotos: Reprodução / Instagram: @lucaslanzameirellessouza

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.