Primeira ministra da Nova Zelândia promete alcançar 100% de energia renovável até 2030

Desde que entrou no poder, em 2017, a primeira ministra da Nova Zelândia Jacinda Ardern acabou tornando-se um grande exemplo de liderança eficaz. Além de ter entrado para a lista dos chefe de estado que melhor souberam gerir a pandemia do coronavírus, Jacinda sempre deixou claro que uma de suas maiores metas é priorizar a sustentabilidade em seu país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jacinda ardern
Foto: SIPA

Prova disto é que, em recente anúncio a primeira ministra prometeu que irá alcançar 100% de energia renovável até 2030. A meta anterior do partido de Jacinda era eliminar gradualmente todas as energias não renováveis ​​até 2035.

No entanto, os líderes não somente perceberam a importância de adiantar o prazo, como constataram que era possível. De acordo com eles, a promessa envolve acelerar “a eletrificação dos setores de transporte e industrial” e investir “em tecnologias emergentes, como hidrogênio verde, enquanto continua a tornar a energia acessível aos neozelandeses.

Hoje a Nova Zelândia produz 84% de sua eletricidade a partir de fontes renováveis, mas, segundo Ardern, eles estão prontos para melhorar. “A recuperação econômica do COVID-19 representa uma oportunidade única para remodelar o sistema de energia da Nova Zelândia para ser mais renovável, mais rápido, acessível e seguro”, explicou.

Além dos benefícios ambientais, a primeira ministra explicou que a iniciativa irá gerar milhares de empregos e oferecerá novas oportunidades aos neozelandeses. “Nosso plano para energia limpa e redução das emissões de carbono nos ajudará a aproveitar as oportunidades econômicas de ser o país verde e limpo que os neozelandeses nos veem”, disse Jacinda em coletiva.

energia eólica
Foto: Unsplash

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os planos foram anunciados poucas semanas antes das eleições no país, no dia 17 de outubro. Caso o partido trabalhista ganhe, a Nova Zelândia será um dos poucos países do mundo a ter uma matriz energética 100% renovável, ao lado da Islândia e do Paraguai. Em seguida, a Costa Rica também orgulha-se em dizer que 99% da energia proveniente do país vem de fontes renováveis.

Se depender da aceitação do público e dos planos de governo anunciados, o partido de Jacinda Ardern já ganhou, não é mesmo? Afinal, um dos maiores ensinamentos da pandemia é de que precisamos urgentemente priorizar o planeta!

Fonte: Good News Network

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Primeira ministra da Nova Zelândia promete alcançar 100% de energia renovável até 2030 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,541SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marca cria cueca absorvente para homens que menstruam

A Buscofem, marca de remédio para cólicas menstruais, traz luz a um assunto desconhecido para a maioria das pessoas: homens que menstruam. Para celebrar o...

Apostando na honestidade, vendedor de semáforo vende ‘fiado’ por Pix e aumenta faturamento em 50%

O que fideliza o cliente é a maneira como ele é tratado, e o empreendedor Diego Saldanha, 35 anos, sabe disso muito bem. Alguns...

Menino com paralisia cerebral fica em pé pela 1ª vez e sonha em caminhar como o irmão gêmeo

Com menos de dois anos de idade, o pequeno Archie Garthwaite, de Hartlepool, Cleveland, foi diagnosticado com paralisia cerebral. A doença enfraqueceu seus músculos...

CEO da GAP vai atualizar produtos da marca após reclamação de menina de 5 anos

O que as outras empresas podem aprender com esse episódio?

Homem legalmente cego cria luminárias com troncos achados na natureza

O designer de móveis Duncan Meerding, da Tasmania, tem uma grande paixão pela vida selvagem nas remotas regiões da Australia, referência bastante presente em seu trabalho. Suas decorações envolvem principalmente...

Instagram

Primeira ministra da Nova Zelândia promete alcançar 100% de energia renovável até 2030 2