Miss EUA 2017 é negra, cientista e está entre as candidatas mais inteligentes da competição

A figura feminina é sempre associada à beleza estética, o que resulta em elogios, assédio e, infelizmente, na desqualificação de outras qualidades. Mas recentemente houve um marco histórico dentro de um disputado concurso de beldades. A Miss EUA 2017 é negra, cientista e uma das candidatas mais inteligentes já vistas na competição, segundo os próprios organizadores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A coroa à Kára McCullough, que era até então a Miss Columbia, foi entregue no dia 14 de maio pelas mãos da oficial do exército, analista de TI e Miss EUA 2016, Deshauna Barber. Apenas no último dia da competição a antiga miss mostrou seu cabelo naturalmente crespo, em homenagem à mãe. A atitude foi bastante comentada na internet, vista como um ato de celebração pela liberdade das mulheres negras de usarem suas madeixas como quiserem.

Formada em engenharia química, a nova eleita tem 25 anos e trabalha na Comissão Reguladora Nuclear do Estados Unidos como especialista em preparação para emergências, cargo concedido a cientistas físicas nucleares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Italiana nascida em Veneza, Kára cresceu na cidade norte americana de Virginia Beach e se graduou na Universidade Estadual da Carolina do Sul. Vencendo 50 candidatas, ela precisou responder a algumas perguntas sobre o cenário político do país, incluindo temas relacionados à saúde pública e ao feminismo. Na ocasião, declarou: “mulheres, somos tão iguais quanto os homens quando se trata de oportunidade no mercado de trabalho”.

A afirmação foi tida como um apelo pela igualdade entre os sexos, mas também gerou polêmica e dividiu opiniões nas redes sociais, pois segundo dados da Associação Americana de Mulheres Universitárias e outras instituições, ainda há um valor 20% menor no salário das mulheres atuantes no mesmo cargo de homens.

De qualquer forma, isso não anula os méritos e conquistas da nova Miss EUA, que é um símbolo de representatividade. Ela também gostaria de incentivar as meninas a seguirem na carreira científica, tema bastante em alta após o sucesso do filme “Estrelas do Além do Tempo”, que conta a história real de três funcionárias negras da NASA, que colaboraram com a chegada do homem à lua.

O próximo passo da cientista será de representar o país no Miss Universo 2018, ainda sem data para acontecer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Reprodução/Miss USA

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,401FãsCurtir
1,908,308SeguidoresSeguir
9,293SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram