Mistura de sensações: confira o relato da cadeirante que visitou um restaurante que te deixa “cego”

O O.NOIR com certeza oferece algo diferente. A experiência comum de ir a um restaurante, pedir um prato e curtir a noite muda completamente quando há a ausência total de luz. Isso mesmo, sem velas, celulares ou lanternas. Nem mesmo relógios luminosos são permitidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia é, além de realçar os outros sentidos, que definitivamente se aguçam mudando a “relação” com a comida em si, levar também as pessoas a um mundo completamente escuro, como o dos deficientes visuais,  por exemplo, que por sinal é como é composto o time de garçons do O.NOIR.

A proposta por si só já é algo diferente e que vale a pena ser mencionada, porém quando a experiência sobre “conhecer uma deficiência” ou se colocar no lugar das pessoas que a tem é feita por uma cadeirante, tudo fica ainda mais inusitado. O relato é feito no blog Guia do Viajante Cadeirante, onde podemos acompanhar as sensações, a compreensão desse novo “mundo apagado” e os desafios adicionais, como por exemplo o fato dela não conseguir sentir o piso tátil por estar na cadeira de rodas, ou pela dificuldade em compreender o garçom por apenas ouvi-lo.

Para conferir este interessante relato, clique aqui

Concept-Waiters onoirwebphoto DSC_0058

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem que sofre bullying por deformidade no tórax recebe apoio de internautas

“O meu maior medo é perdê-lo”, desabafa Patrícia Souza, mãe de Renan, que nasceu com uma deformidade congênita da parede do tórax chamada pectus...

Cansei de ser princesa: Fantasias que vão deixar as meninas ainda mais poderosas

Cabelos perfeitos, maquiagem, castelo, um drama e um príncipe encantado. Os contos de fadas fizeram parte da nossa infância e ainda permeiam a imaginação...

Histórico: criança é autorizada pela Justiça brasileira a trocar de nome e gênero

Hoje com 9 anos, os pais de Leandro entraram com uma ação na Justiça para o filho mudar sua identidade de gênero e tornar-se...

Clientes ganham sobremesa por terem feito gestos de gentileza a desconhecidos

Vocês irão concordar: ajudar outras pessoas, mesmo que seja com pequenos gestos, acaba de alguma forma deixando nosso próprio dia melhor. Ficamos com aquela...

Instagram