Mistura de sensações: confira o relato da cadeirante que visitou um restaurante que te deixa “cego”

O O.NOIR com certeza oferece algo diferente. A experiência comum de ir a um restaurante, pedir um prato e curtir a noite muda completamente quando há a ausência total de luz. Isso mesmo, sem velas, celulares ou lanternas. Nem mesmo relógios luminosos são permitidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia é, além de realçar os outros sentidos, que definitivamente se aguçam mudando a “relação” com a comida em si, levar também as pessoas a um mundo completamente escuro, como o dos deficientes visuais,  por exemplo, que por sinal é como é composto o time de garçons do O.NOIR.

A proposta por si só já é algo diferente e que vale a pena ser mencionada, porém quando a experiência sobre “conhecer uma deficiência” ou se colocar no lugar das pessoas que a tem é feita por uma cadeirante, tudo fica ainda mais inusitado. O relato é feito no blog Guia do Viajante Cadeirante, onde podemos acompanhar as sensações, a compreensão desse novo “mundo apagado” e os desafios adicionais, como por exemplo o fato dela não conseguir sentir o piso tátil por estar na cadeira de rodas, ou pela dificuldade em compreender o garçom por apenas ouvi-lo.

Para conferir este interessante relato, clique aqui

Concept-Waiters onoirwebphoto DSC_0058

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,905,732SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

OMS não considera mais a transexualidade como doença mental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a transexualidade da lista de doenças mentais da Organização das Nações Unidas (ONU).

[VÍDEO] Filha se casa e arruma um jeito emocionante de ter o pai presente: ‘senti que estava lá’

O casamento é um dos momentos mais esperados da vida de muita gente. Foi assim também com a brasileira Aeny Layce, mas no caso...

Após vaquinha do Razões, garoto que vendia picolé na praia para sustentar família ganha cadeira de rodas para irmã

E as transformações continuam acontecendo na vida do David. Esse garotinho especial vende picolés na Praia de Copacabana (RJ) para ajudar a sustentar a...

Crianças ficam sem poder ir ao treino de futebol após carro que transportava o time todo estragar

O professor, José Ferreira de Andrade, conhecido como professor Esquerdinha, fundou uma escolinha nos bairros na periferia da sua cidade, para ensinar futebol e...

Funcionário aceita coentro de cliente humilde como pagamento de taxa em cartório: ‘Sensibilidade’

Um idoso precisou ir ao cartório do município de Chalatenango, em El Salvador, para solicitar sua certidão de nascimento, mas a forma que ele...

Instagram

Mistura de sensações: confira o relato da cadeirante que visitou um restaurante que te deixa “cego” 3