Modelo com distrofia muscular brilha em passarela da semana de moda de Nova York

A atriz e modelo norte-americana Jillian Mercado, 32 anos, brilhou na passarela da semana de moda de Nova York (NYFW), no último domingo (9).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A modelo nasceu com distrofia muscular, uma doença genética ligada ao cromossomo X que degenera progressivamente a musculatura.

Jillian é uma das pouquíssimas modelos profissionais com distrofia muscular na indústria da moda. Seu lugar de destaque expõe a falta de mais pessoas com deficiência na indústria.

Após representar a grife The Blonds na NYFW, a modelo fez um desabafo no seu Instagram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

View this post on Instagram

This moment was brought to you by…⁣⁣ Every single person who has a disability around the world that has felt unseen and unheard. For the countless of times that we all have shouted for respect and equal representation. Or for the times other people speak for us, not with us. For when we felt like we just didn’t belong in this world because no one thought that we were capable of doing anything. The times where people speak to everyone about our problems or our needs but us. ⁣ ⁣ This moment is brought to you by a young girl looking through magazines-collecting them to the point of basically being a hoarder and watching fashion television while taking notes of how to be the best in the industry-being glamorized by the world of fashion and loving every single moment of what she saw but wondering if she actually belonged. Wondering if they would actually accept her for being exactly who she is, even though she never saw someone who had a visible disability in those magazines or television. Imagining what that would look like was nothing but a dream, a fantasy. One that she was told again and again that it would never be possible, that the world wasn’t ready, that the world wouldn’t give her a chance. This moment. This exact moment, It’s for you.⁣⁣ ⁣⁣ I’ve been through countless wars making sure that this moment was exactly how I imagined through every obstacle you can think of. Determination helped me get to this moment and those who believed in me made sure that it was as perfect as I knew I could be. Thank you to @davidblond and @phillipeblond for giving me this opportunity of a lifetime, a huge mile stone in my career.⁣💋⁣ ⁣⁣ photo by @alexcruz.nyc

A post shared by jillian mercado (@jillianmercado) on

“Este momento foi trago para você por todas as pessoas que têm alguma deficiência no mundo e que tenham se sentido invisíveis e não ouvidas. Nas inúmeras vezes em que todos nós gritamos por respeito e representação igualitária. Ou pelo tempo em que outras pessoas falavam em nosso nome, mas não por nós“, escreveu.

“Sentimos por muito tempo que simplesmente não pertencíamos a este mundo, pois ninguém pensava que éramos capazes de fazer qualquer coisa.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Modelo com distrofia muscular brilha passarela Nova York Fashion Week
Foto: Reprodução/Instagram @jillianmercado

Passei por incontáveis batalhas para ter certeza de que esse momento seria do jeito que imaginei. Determinação me ajudou a chegar nesse momento”, escreveu Jillian, que tem 153 mil seguidores.

Filha de uma costureira e de um vendedor de sapatos, a modelo foi recrutada pela casting IMG, a mesma agência de Gisele Bündchen. Seu primeiro trabalho profissional foi em 2014, numa campanha da Diesel. Desde então, Jillian deslanchou: estrelou campanhas da Olay, Target e Nordstorm, além de ter sido capa da Teen Vogue.

Cadeiras de rodas para crianças com doenças raras

A Apraespi (Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência) tem uma fila de 50 crianças com doenças raras que precisam de cadeiras de rodas especiais para terem uma infância com mais liberdade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Apraespi

Para ajudá-los nessa missão, criamos uma vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: SNB/Foto de capa: NYFW/Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Belas, recatadas e do lar”?: Mulheres mostrando que podem ser o que quiserem

Todo mundo deve estar acompanhando a repercussão do perfil que a revista Veja fez Com Marcela Teme, mulher do Vice-Presidente Michel Temer. Com o título...

O significado maior da aprovação de Maria Clara, travesti e negra, na Universidade Federal de Pernambuco

Recentemente, Maria Clara Araújo, 18 anos, publicou em sua conta no facebook um manifesto pela igualdade, contando um pouco de sua vida até chegar...

Pai que não tem os braços utiliza as pernas para banho em seu filho, tudo com muito amor

Um vídeo publicado na fanpage SOS Papai me deixou muito emocionado e tenho certeza que vai te deixar também. Nele, um pai sem os braços,...

Ele criou um projeto que prepara jovens da periferia para o mercado de trabalho

Num pequeno quarto de sua casa, com móveis e materiais encontrados no lixo, o jovem Miguel da Hora já impactou com o seu projeto autônomo mais de 7 mil pessoas, através de produções e desenvolvimento de tecnologias abertas com os jovens da periferia.

Projeto de estudante que proíbe a venda de canudos plásticos será votado

A estudante Natália Oliveira Pereira dos Santos é autora de um projeto de lei que proíbe a disponibilização e a venda de canudos plásticos no país.

Instagram