Modelo de 7 anos com piebaldismo conquista passarelas de Paris enquanto luta contra o preconceito

A busca pela verdadeira inclusão e diversidade tem sido cada vez mais valorizada no mundo da moda, especialmente nos últimos anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por vezes a mudança pode ser lenta, mas está permitindo o surgimento de novos nomes nas passarelas, como é o caso do pequeno modelo Samuel Silva.

View this post on Instagram

A post shared by Supermodel 🆂🅰🅼🆄🅴🅻 🆂🅸🅻🆅🅰 ☻ (@shamuelmodel)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aos 7 anos de idade, o menino já é modelo internacional com direito a desfiles em Paris (França) e Toronto (Canadá), além de ter sido capa de diversas revistas de moda, estilo e vestuário.

Samuel tem piebaldismo – ou albinismo parcial, – isto é, uma mutação rara sem preferência por cor ou raça. Geralmente, logo depois do nascimento, a criança possui uma mecha branca frontal nos cabelos (poliose), em cerca de 90% dos casos, e manchas despigmentadas simétricas na pele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Faz mais de dois anos que o pequeno modelo começou a construir seu legado. Orgulhoso de sua condição genética (infelizmente encarado como uma doença marginalizadora por muitos), Samuca ganhou destaque nas redes sociais – onde acumula mais de 30 mil seguidores apenas no Insta, – e se tornou um nome forte no mundo da moda infantil internacional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chamam a atenção os traços na pele e cabelo do modelo, em parte devido à ausência de melanina, uma marca de sua condição genética, que não afeta a saúde.

Esses traços possuem beleza própria nos ensaios fotográficos, onde Samuel prova que é um modelo nato. Além dele, outros membros da família também têm a condição.

No perfil do Instagram administrado pela família, é possível acompanhar a rotina do menino entre ensaios e trabalhos. Ele também faz questão de falar sobre inclusão e autoaceitação para seus mais de 30 mil seguidores.

Entre um post e outro, o ‘Piebaldo‘ sempre aparece – isto é, o boneco que imita Samuca, com os mesmos traços e características físicas que ele.

Nos Stories, os pais aproveitam para falar sobre a oportunidade do menino se tornar modelo e inspirar a pluralidade.

Recentemente, o modelo mirim agradeceu aos seguidores pela visibilidade e afirmou o que pretende fazer agora que está sob os holofotes: “Muitos objetivos foram alcançados, mas agora é hora de continuar a luta contra o preconceito e continuar orgulhoso”.

Você vai longe, Samuel! ✨

Veja também:

Fonte: Revista Crescer
Fotos: Reprodução / Instagram: @shamuelmodel

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,747SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bebê coala confunde cachorro com mãe e o abraça bem forte

Um vídeo super fofo que mostra um bebê coala brincando com um cachorro conquistou as redes sociais, acumulando milhões de visualizações em poucos dias. Nas...

Vizinhos cuidam da lavoura de família que busca tratamento para filhas

Essa é uma daquelas histórias para encher o nosso coração de esperança nesse início de ano. Mais de 100 pessoas fizeram um mutirão para...

Alicia Keys defende filho de 4 anos envergonhado por gostar de pintar as unhas

Alicia afirmou que acredita que todas as pessoas têm energia feminina e masculina dentro de si e que cada uma deve explorá-las à sua maneira.

Mãe cria bonecos para todas as crianças se sentirem amadas e representadas

Uma mãe vem quebrando padrões estéticos também impostos pela indústria de brinquedos e que nem sempre percebemos. Amy Jandrisevita, que vive em Wisconsin (EUA),...

Jovem trans dá aulas de inglês gratuitas para transexuais em igreja inclusiva no RJ

Thiago Peniche, 21 anos, proporciona a pessoas menos favorecidas um futuro com mais oportunidades no mercado de trabalho, em um ambiente de respeito e acolhimento mútuos.

Instagram

Modelo de 7 anos com piebaldismo conquista passarelas de Paris enquanto luta contra o preconceito 2