Menina com próteses duplas estreia na passarela da NY Fashion Week

A estudante e aspirante a modelo britânica Daisy-May Demetre, 9 anos, está preparada para fazer história na indústria da moda após se tornar a primeira criança com membro amputado a ser convidada para desfilar profissionalmente na passarela da New York Fashion Week, uma das principais semanas de moda do mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Escolhida a dedo pela Lulu et Gigi Couture, Daisy-May é a ‘garota-inspiração’ da marca após sua fundadora a conhecer em um evento em Londres, na Inglaterra.

Ajuda para universitária que ficou tetraplégica perto de se formar

A pequena irá estrear na New York Fashion Week no próximo domingo, 8 de setembro. Em outubro, também irá desfilar na Paris Fashion Week.

Hemimelia fibular

Quando bebê, Daisy-May precisou ter as pernas amputadas devido à hemimelia fibular, malformação congênita caracterizada pela ausência parcial ou completa da fíbula da perna.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bebê malformação pernas

Alex e Claire Demetre, pais da modelo-prodígio, tiveram que escolher entre deixar a filha crescer com pés deformados ou permitir que os médicos realizassem uma amputação dupla.

Na esperança de que um par de próteses proporcionasse uma melhor qualidade de vida para a pequena, seus pais decidiram pelo procedimento cirúrgico quando ela tinha apenas 18 meses de idade.

Leia também:

Modelo do maior catálogo de roupas da Grã-Bretanha

Alex e Claire jamais imaginaram que a filha se tornaria uma modelo do Boden, o maior catálogo de roupas da Grã-Bretanha. “Naquela época, eu estava bem isolado – tinha um problema com bebida e era viciado em jogos. Tudo mudou – e isso graças ao grande sorriso no rosto dela. Ela me motiva e eu a motivo”, contou o pai.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em um certo dia de folga, seu pai assistiu um programa de TV da Zebedee Management, uma agência de modelos que lança crianças com deficiência em campanhas publicitárias e entrou em contato. Era a grande chance de Daisy-May modelar.

menina modelo próteses pernas

Antes de representar a Lulu et Gigi na London Kids Fashion Week, a menina trabalhou em campanhas para a Nike e a Matalan.

Sua ascensão, desde então, tem sido meteórica, com diversas marcas interessadas em lançá-la em projetos de modelagem, anúncios e campanhas multimídia de publicidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ajuda para universitária que ficou tetraplégica perto de se formar

“Linda e perfeita”

“Para mim, uma criança é uma criança e, portanto, é linda e perfeita”, afirma o fundador da Lulu et Gigi, Eni Hegedűs-Buiron.

Alex não poderia estar mais orgulhoso da filha: “[Daisy] estará fazendo história. É bom que ela seja a primeira, mas, daqui para frente, queremos que crianças amputadas estejam modelando nesses shows o tempo todo”.

menina modelo próteses pernas

“A deficiência não a impede; definitivamente não para Daisy. Ela é mais apta do que a maioria dos homens adultos que eu conheço.”

“Mas a modelagem não a define, é apenas uma parte do que faz”, acrescentou. “Ela só mostra Daisy, do jeito que ela vive a vida com um sorriso no rosto”, concluiu.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução/Instagram

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Menina com próteses duplas estreia na passarela da NY Fashion Week 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Motorista decora ônibus, veste-se de palhaço e distribui doces para passageiros

Ele vê na ação uma forma de incentivar as pessoas a fazer o bem umas às outras.

Homem tira o próprio turbante e quebra código religioso para salvar criança

Sem capas ou máscaras, a história do herói de hoje tem um acessório poderoso também: um turbante. O jovem Harman Singh, 22 anos, tirou seu turbante, quebrando assim...

Apesar das dificuldades, ex-seringueira viúva forma 11 filhos na faculdade

Dos 14 filhos vivos do casal, onze se formaram na faculdade, dois estão perto de concluir seus estudos e um acaba de ingressar no ensino superior

Chicago, terceira maior cidade dos EUA, elege sua primeira prefeita negra e lésbica

Aos 56 anos, a ex-promotora federal Lori Lightfood foi eleita com 371 mil votos (73,7%), a nova prefeita de Chicago, a terceira maior cidade...

‘Minnie skatista’: fã de Rayssa Leal, menina de 4 anos faz sucesso nas pistas do RJ

Durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, Rayssa Leal, a 'Fadinha' do Maranhão, conquistou a medalha de prata e os corações de todos nós com...

Instagram

Menina com próteses duplas estreia na passarela da NY Fashion Week 3