Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO



Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante e uma história de vida singular.

De origem quilombola, nascida na região de Viana, no Maranhão, dona Maria se mudou para São Luís, onde deu à luz as filhas. Elas tiveram uma infância humilde, convivendo com a pobreza até a juventude.

Essa realidade moldou o caráter de Yaci e Yara. Quando adultas, sentiram a responsabilidade de lutar contra a dura realidade da mulher negra brasileira.

Yaci e Yara modelos filhas quilombolas maranhenses

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quebraram paradigmas dentro da família ao serem as primeiras mulheres a se formar na faculdade – Ciências Contábeis na Universidade Federal do Maranhão – anos antes de sequer imaginarem trabalhar como modelos.

Ao mergulharem no mundo da moda, romperam outra lógica: tornaram-se modelos já maduras (aos 30 anos), ao contrário da maioria das outras modelos, que começam a trabalhar ainda adolescentes.

Yaci e Yara modelos filhas quilombolas maranhenses

Para Yaci e Yara, é justamente a raiz quilombola de sua família que marca os traços fortes e a beleza da cor de suas peles. Proporcionou também a força para perseverar e se destacar nas passarelas e capas de revistas. Hoje, estão na linha de frente da representatividade negra na indústria da moda.

Yaci e Yara modelos filhas quilombolas maranhenses

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No final do ano passado, as gêmeas estamparam sua primeira capa de grande relevância, para a revista Marie Claire. Na edição, elas vestiram coleções internacionais falaram sobre inclusão e representatividade, além de suas trajetórias de vida e como modelos.

Yaci e Yara modelos filhas quilombolas maranhenses

Defensoras da causa feminista, Yaci e Yara enxergam em Djamila Ribeiro e Chimananda Ngozi Adichie, assim como na ex-primeira dama dos EUA, Michelle Obama, referências para suas lutas como mulheres negras, pela força, a elegância, o talento, que as duas agora também exibem nas passarelas e revistas.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Hypeness/Fotos: Divulgação

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,025,166FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,803SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Em vídeo fofo, filho com paralisia cerebral conta para pai que está apaixonado. Veja!

Ai, socorrooo! O Biel tá apaixonado, esse sorriso não engana ninguém! 😍 Biel tem paralisia cerebral e ama um triatlo! Ele e o pai, o...

Instagram