Molde permite corrigir corrigir orelha com alguma deformidade nos primeiros dias de vida do bebê

Você já deve ter ouvido falar da expressão orelha de abano. Ela é usada para se referir, pejorativamente, à orelha que se afasta da cabeça. Apelidos ofensivos  e baixa autoestima são situações que pessoas com essa deformidade enfrentam todos os dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não é a solução definitiva para a “zoação”, mas um produto novo, recém-registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pode acabar com o estresse de pessoas que nasceram com essa deformação. As informações são do Correio Braziliense.

orelha de abano
Foto: EarWell/Reprodução

O único problema é que o produto, chamado EarWell, deve ser usado nas primeiras semanas de vida do bebê. Isso porque o tratamento aproveita os hormônios maternos que ainda circulam no corpo do bebê. Esses hormônios deixam a orelha do bebê mais mole, permitindo que ela seja moldada.

“É um produto para moldar a orelha de quem nasce com alguma deformidade. É usado no primeiro mês de vida da criança, quando a orelha dela ainda está mole”, explica o médico Krishnamurti Sarmento, da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

RELACIONADO: Menino de Florianópolis ganha prêmio internacional por app para pessoas com perda auditiva

Funciona assim: o médico coloca o molde na orelha do bebê, que deve ficar com ele 24 horas por dia. A cada duas semanas, os pais devem voltar ao consultório médico para substituir o molde por um novo. O tratamento leva entre 4 e 6 semanas para ser concluído.

orelha de abano
Foto: EarWell/Reprodução

Quanto mais cedo o molde for colocado, maiores são as chances de sucesso no tratamento – nas primeiras 3 semanas, a taxa de sucesso é de 90%. Da terceira à quarta semana, cai para 70%. Depois de 4 semanas, é de cerca de 50%, e assim por diante.

Em tempo, é importante frisar que apenas médicos otorrinolaringologistas, pediatras ou cirurgiões plásticos podem realizar o procedimento. Confira a lista de profissionais habilitados aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos de capa: Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem fez 1000 pássaros de origamis e distribuiu a 1000 pessoas desconhecidas

A holandesa Marielle Coppes fez 1000 tsuru's coloridos e presenteou de forma aleatória 1000 estranhos pelas ruas, com o objetivo de fazer o dia...

Mulher esquece bolsa em parque e recebe tudo de volta em casa

"A bolsa chegou ontem com tudo intacto, super rápido!"

Quando um bebê começou a chorar na sala de aula, esse professor teve a melhor atitude de todos os tempos

Um professor universitário teve um gesto exemplar, ao ver o bebê que uma aluna levou para a aula, começou a chorar. Em vez de fazer...

Gorilas-das-montanhas emergem da extinção em grande vitória da conservação

Uma década atrás, haviam apenas 680 gorilas-das-montanhas vivendo na selva. Hoje, há mais de 1.000 graças aos esforços de conservação de grupos de defesa dos...

Para não perder tratamento, autista que viveu 15 anos acorrentado recebe apoio com vaquinha

O jovem André Padilha, 30 anos, viveu 15 anos acorrentado em sua casa, em Fernandópolis (SP). Com autismo severo, o jovem começou a se...

Instagram