USP descobre molécula que reduz tumor e evita metástase do câncer de ovário

Um grupo de pesquisadores brasileiros e norte-americanos descobriu uma molécula capaz de reduzir o tamanho do tumor e interromper o processo de metástase do câncer de ovário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mais testes precisam ser feitos em animais para atestar a segurança do composto. Segundo os pesquisadores, o tratamento estará disponível para seres humanos em até 20 anos.

A pesquisa foi feita pelo Centro de Terapia Celular do Hemocentro da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com o Laboratório de Células-Tronco Musculares e Regulação de Genes dos Institutos Nacionais de Saúde, nos Estados Unidos.

Foto: Chico Escolano/EPTV

molécula reduz tumor evita metástase câncer de ovário
Foto: Chico Escolano/EPTV

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Menina de 2 anos vence câncer de ovário raríssimo

Molécula capaz de reduzir o tumor causado pelo câncer de ovário

Constatou-se que a molécula RNA MIR-450A é pouco eficaz em tumores. No entanto, quando superexpressa (aumentada) em testes in vitro e em camundongos, ela se torna potente no tratamento contra o câncer de ovário.

Para Wilson Araújo da Silva Júnior, professor do Departamento de Genética da Faculdade de Medicina da USP, a molécula MIR-450A, presente no corpo humano e que pode ser produzida no laboratório, ‘é capaz de silenciar genes envolvidos na migração celular e no metabolismo do tumor. Isso bloqueia o tamanho do tumor e bloqueia o processo de metástase’.

molécula reduz tumor evita metástase câncer de ovário
Foto: Reprodução/Diário MS

Na esteira de novidades, cientistas da USP também descobriram que a molécula microRNA-367 pode reduzir a agressividade de tumores embrionários do sistema nervoso central, responsáveis pelo câncer infantil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Paciente terminal está curado do câncer graças a método 100% brasileiro

O próximo passo é desenvolver um medicamento utilizando a molécula MIR-450A que auxilie no tratamento da doença, muitas vezes, identificada quando já está em um estágio avançado.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Jornal de Brasília e G1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,995,673SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem que cantava de ônibus em ônibus para pagar faculdade se forma em Medicina no MA

Na última segunda-feira (18) foi comemorado o Dia do Médico - data de celebração aos responsáveis por cuidar da saúde de milhões de pessoas. Esse...

Estudantes da UniNorte homenageiam motorista e cobradora de ônibus durante colação de grau

O motorista de ônibus Elivan da Silva Dutra e a cobradora Alcione Cardoso Guimarães foram homenageados pelos formandos do curso tecnólogo de Serviços Judiciários e...

A emocionante reação de uma menina ao ganhar o cãozinho de estimação

Ela não queria smartphone, tablet, nada disso. Como presente de aniversário ela queria um cãozinho, simples assim. Com certeza esse pequeno animal vai ensinar-lhe...

Bombeiro pede namorada em casamento em meio às chamas de treinamento em SC [VIDEO]

Amor à prova de fogo em Santa Catarina: durante um treinamento de incêndio na sede do Corpo de Bombeiros de Laguna (SC), o aluno-sargento...

[VÍDEO] Sem saber que estava sendo filmado, garoto encontra bolsa na rua e leva até a porta de seu vizinho

Para se divertir, um garotinho dos EUA estava andando de bicicleta pela vizinhança. Ao perceber que havia uma bolsa em cima do carro de...

Instagram