Monge tibetano adota 170 crianças que perderam família depois de terremoto

Você já pensou em ter um filho? ou dois? E que tal 170? Esse é a quantidade de crianças que o monge budista tibetano adotou desde 2010.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tudo começou quando ele começou a tomar conta de meninos e meninas temporariamente, por conta de um terremoto que aconteceu, e logo fez com que Lama Lobsang começasse a cuidar de, inicialmente, 33 crianças, mas então mais e mais vieram.

“Algumas são orfãs, ou só têm um dos pais, ou são de famílias pobres, mas eu quero dar a todas elas um lar.”
O monge conta como educa tantas crianças: “A gente dá comida pra elas, mas também cuida da saúde física e mental e da educação”.

O monge consegue sustentar toda essa criançada com o dinheiro que ganha ministrando palestras sobre religião e também com doações de pessoas por todo o país, e conclui: “Isso não é uma escola, ou um orfanato. é um lar para essas crianças”.

via BBC

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A jovem cientista de 29 anos por trás da primeira fotografia de um buraco negro

O dia 10 de abril de 2019 entrará para a história como a data em que a primeira imagem real de um buraco negro...

Sem presente, menino emociona a mãe com bilhete no aniversário dela. “Foi o melhor presente que ganhei”

Taysla Ferreira da Silva, de Ipixuna, interior do estado do Amazonas, fez 23 anos agora em setembro e ganhou, segundo ela, o melhor presente...

Vizinhos criam ‘cãodomínio’ para abrigar cachorros de rua

No 'cãodomínio', os doguinhos recebem ração e água todos os dias e vivem confortavelmente.

Aposentado cria trem para levar cães abandonados para passear

Não é fácil ser um cão de rua. A vida nelas é um risco, mas Eugene Bostick, um aposentado de 80 anos, de Fort...

Tatá Werneck se emociona ao conhecer história de gari que entrega refeições a pessoas carentes no RS

O gari Betinho é daquelas pessoas que pensam primeiro no próximo, pra depois pensar nele, pois acredita na força do coletivo para mudar o...

Instagram