Monges Franciscanos adotam cachorrinho e a internet o batiza de ‘Frei Bigode’

Um mosteiro na cidade de Cochabamba, na Bolívia acaba de ganhar mais um morador, mas não é mais um monge franciscano – pelo menos não um “monge humano”, é um cachorrinho muito fofo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

LEIA TAMBÉM: Por que cuidar da saúde deve estar no topo da sua lista de resoluções para 2019?

Carmelo é um cachorrinho da raça Schnauzer, que há 4 meses foi doado por um dos fiéis que frequentam o mosteiro. Ele já está tão habituado a sua nova vida religiosa que ganhou até um hábito igual aos usados pelos monges e apesar de ter recebido o nome de Carmelo, em homenagem a um dos monges, ele gosta mesmo é de ser chamado de “Frei Bigode”, apelido que ganhou graças ao enorme sucesso que vem fazendo na Internet.

Monges Franciscanos adotam cachorrinho

Frei Jorge Fernandez explica que eles já tinham o hábito pronto, pois usavam para animar as crianças que os visitavam, vestindo os fantoches, então adaptar para o pequeno Carmelo foi fácil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, apesar do mascote parecer calminho, Frei Jorge diz que ele tem feito uma verdadeira revolução no mosteiro: “Morde tudo, destroça, tira as coisas do lugar. Nos damos conta das coisas quando as encontramos no jardim”, mas a alegria que ele trouxe ao lugar é maior do que tudo e eles simplesmente não conseguem mais imaginar suas vidas sem Carmelo.

[Nota da Redação do Razões] (Matéria continua depois do vídeo abaixo)

Crianças trocam brinquedos por pedido de trabalho para seus pais em cartinhas ao Papai Noel, assista:

Vale lembrar que a adoção de um animal é uma atitude que deve ser feita com responsabilidade, afinal, é uma vida canina que ficará sob nossa responsabilidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Infelizmente, muitas pessoas chegam a adotar um animal, mas quando se dão conta da responsabilidade, acabam desistindo, e foi que aconteceu com Carmelo, que se não fosse pelo mosteiro, provavelmente teria sido abandonado. Um dos monges resumiu bem o que os motivou a amparar o cachorro: “Se existem homens que excluem a qualquer das criaturas de Deus do abrigo da compaixão e da misericórdia, haverá homens que tratam seus irmãos da mesma maneira”.

 

Que esta atitude sirva de exemplo para que a adoção seja feita com amor, vontade e sobretudo, responsabilidade!

Monges Franciscanos adotam cachorrinho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Monges Franciscanos adotam cachorrinho

Monges Franciscanos adotam cachorrinho

Apoie causas com Visa, sem pagar a mais por isso. Inscreva-se e ajude já! Aqui.

Fotos: Kasper Mariusz Kapron Ofm

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,636,434SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Carteiro usa próprio dinheiro para comprar mantimentos e distribuir a idosos de seu bairro

O jovem carteiro Kyle West – funcionário da USPS - serviço postal norte americano, decidiu entregar mais do que cartas às pessoas que fazem...

Após matéria do Razões, gari responsável pela sobrevivência de mais de 400 famílias reencontra filhas e irmãs

A gari Francisca reencontrou filhas que não via há mais de 10 anos e irmãs que não via há 18 anos.

Com ajuda de vaquinha, protetor que alimentava animais de rua a pé compra seu carro!

A história do Adriano é maravilhosa! Ele percorria longas distância andando ou pedalando apenas para ajudar animais de rua, em Rio Claro (SP). Nós fizemos...

Apesar de tudo que aconteceu em 2016, a tendência para a humanidade é muito positiva

Em 1950, um quarto da população mundial já havia saído da situação de extrema pobreza. Hoje esse numero já é de 90%.

Em vídeo emocionante, pai reencontra filha que ficou 30 dias na UTI

Prepare o lencinho! O reencontro emocionante de um pai com sua filha que ficou 30 dias internada na UTI com meningite viral encefalite mexeu...

Instagram