Montadora amplia investimentos em veículos elétricos e híbridos para 11 bilhões até 2022

A Ford vai ampliar significativamente o investimento em veículos elétricos, para US$ 11 bilhões até 2022, com o lançamento de 40 modelos híbridos ou totalmente elétricos na sua linha global. O anúncio foi feito por Bill Ford, presidente do conselho da empresa, no domingo, durante a coletiva de imprensa do Salão de Detroit.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse investimento é mais que o dobro do valor anunciado pela Ford no final de 2015, de US$ 4,5 bilhões até 2020, e inclui os custos de engenharia, pesquisa e desenvolvimento de arquiteturas específicas para carros eletrificados.

Dos 40 programados, 16 serão totalmente elétricos e os demais híbridos plug-in. A Ford revelou que um deles será um utilitário esportivo elétrico de alto desempenho, chamado Mach 1 – veja abaixo –, em 2020, quando também vai iniciar a produção de uma versão híbrida da picape F-150 nos EUA.

Segundo Bill Ford, a estratégia de eletrificação da empresa é levar essa tecnologia para os seus principais modelos. “Se queremos ser bem-sucedidos com a eletrificação, temos que fazê-lo com veículos que já são populares”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jim Hackett, CEO e presidente da Ford, comanda essa estratégia desde que assumiu o cargo há pouco mais de sete meses. Em outubro, ele anunciou para investidores um amplo plano de redução de custos para tornar a empresa mais eficiente, incluindo o redirecionamento de investimentos antes destinados a sedãs e motores a combustão para carros e utilitários híbridos e elétricos.

No mesmo mês, a Ford criou o Time Edison, uma equipe especializada para acelerar o desenvolvimento da sua nova geração de veículos elétricos, com o desafio de pensar grande e avançar rápido. Dirigida por Sherif Marakby, vice-presidente de Veículos Elétricos e Autônomos da Ford, ela tem também como missão a criação de experiências e serviços focados no cliente e parcerias com outras empresas.

Países como a China, Índia, França e Reino Unido já anunciaram planos para eliminar os veículos com motores a combustão e combustíveis fósseis do mercado entre 2030 e 2040 como forma de promover o uso de energia limpa.

Bill ford veículos elétricos
Bill Ford, no Salão Detroit. Foto: Divulgação

Com informações de assessoria da Ford.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,020,252FãsCurtir
2,152,322SeguidoresSeguir
11,487SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Após alagamento, vaquinha arrecada R$117 mil e idosos ganharão um lar novo (BA)

Os velhinhos da Casa de Idosos Giuseppe Aras, em Itabela (BA), vão ganhar um lar novo! O asilo onde os 34 idosos moravam ficou alagado...

Pescadores salvam 5 tartarugas marinhas presas em rede de pesca

Na praia de Araranguá, em Santa Catarina, o que tinha tudo para ser apenas mais um dia normal para alguns pescadores, transformou-se em uma...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Itália começa a sair do confinamento com reabertura de comércio e igrejas

Hoje (18) o dia amanheceu diferente na Itália. Amanheceu “lindo e excitante” como descreveu um barman de Roma. Após dez semanas de portas fechadas, lojas,...

Instagram