Montadora amplia investimentos em veículos elétricos e híbridos para 11 bilhões até 2022

A Ford vai ampliar significativamente o investimento em veículos elétricos, para US$ 11 bilhões até 2022, com o lançamento de 40 modelos híbridos ou totalmente elétricos na sua linha global. O anúncio foi feito por Bill Ford, presidente do conselho da empresa, no domingo, durante a coletiva de imprensa do Salão de Detroit.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse investimento é mais que o dobro do valor anunciado pela Ford no final de 2015, de US$ 4,5 bilhões até 2020, e inclui os custos de engenharia, pesquisa e desenvolvimento de arquiteturas específicas para carros eletrificados.

Dos 40 programados, 16 serão totalmente elétricos e os demais híbridos plug-in. A Ford revelou que um deles será um utilitário esportivo elétrico de alto desempenho, chamado Mach 1 – veja abaixo –, em 2020, quando também vai iniciar a produção de uma versão híbrida da picape F-150 nos EUA.

Segundo Bill Ford, a estratégia de eletrificação da empresa é levar essa tecnologia para os seus principais modelos. “Se queremos ser bem-sucedidos com a eletrificação, temos que fazê-lo com veículos que já são populares”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jim Hackett, CEO e presidente da Ford, comanda essa estratégia desde que assumiu o cargo há pouco mais de sete meses. Em outubro, ele anunciou para investidores um amplo plano de redução de custos para tornar a empresa mais eficiente, incluindo o redirecionamento de investimentos antes destinados a sedãs e motores a combustão para carros e utilitários híbridos e elétricos.

No mesmo mês, a Ford criou o Time Edison, uma equipe especializada para acelerar o desenvolvimento da sua nova geração de veículos elétricos, com o desafio de pensar grande e avançar rápido. Dirigida por Sherif Marakby, vice-presidente de Veículos Elétricos e Autônomos da Ford, ela tem também como missão a criação de experiências e serviços focados no cliente e parcerias com outras empresas.

Países como a China, Índia, França e Reino Unido já anunciaram planos para eliminar os veículos com motores a combustão e combustíveis fósseis do mercado entre 2030 e 2040 como forma de promover o uso de energia limpa.

Bill ford veículos elétricos
Bill Ford, no Salão Detroit. Foto: Divulgação

Com informações de assessoria da Ford.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Startup cria dispositivo para transformar qualquer bicicleta em elétrica – de forma super simples!

Você adora andar de bike, mas sente aquela dificuldade em dias quentes ou longas distâncias? Uma startup austríaca pretende acabar com esse problema da...

Após demissão sem aviso prévio, médico atende pacientes na calçada

Uma demissão nunca é um momento fácil para ninguém. Mas ser demitido sem aviso prévio pode ser ainda mais complicado e foi assim com...

Cachorro empresta brinquedo favorito para seu ‘irmão’ parar de chorar

Um cachorro chamado Brutus costuma rasgar e destruir todos os brinquedos que seus donos lhe dão, exceto um: uma bolinha de pelúcia muito especial,...

Delegado transforma vida de ex-usuária de crack que havia prendido em SP

Regiane foi usuária de crack durante 6 anos e chegou a roubar para sustentar o vício, até que foi presa. Porém, sua prisão, na...

Loja japonesa usa máscara de sorriso para oferecer um serviço mais afetuoso aos clientes

Se até pouco tempo atrás, o uso de máscaras de proteção parecia algo inimaginável e até mesmo, estranho, hoje a prática faz parte do...

Instagram

Montadora amplia investimentos em veículos elétricos e híbridos para 11 bilhões até 2022 2