Morador de rua entrega seu próprio cão para adoção: ‘Dê a ele a oportunidade que não tive’

Clique e ouça:

Certo dia, enquanto voltava para casa após um dia inteiro de trabalho, a norte-americana Angel Janes avistou um morador de rua sentado à beira da rodovia segurando uma placa pedindo dinheiro ou trabalho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela parou seu carro para oferecer o que tinha naquele momento – um cigarro, – e notou que ele estava segurando um pequeno chihuahua, todo embrulhadinho em um cobertor para protegê-lo frio.

Para Janes, ficou claro naquele momento que a prioridade nº 1 do homem era o filhote.

morador de rua entrega próprio filhote para ser adotado
Foto: Arquivo pessoal / Chasity Guyer

Campanha para erguer o Instituto EduPaçoca de resgate de animais de rua (GO). Clique aqui e saiba como ajudar!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Dê a ele uma oportunidade”

Após alguns minutos de conversa, ela descobriu que o sem-teto se chamava Ron. Ele estava morando nas ruas há meses e disse que “não queria uma realidade semelhante para o cachorro“. O filhote havia sido abandonado dias antes.

Nesse momento, Ron pediu para Janes levá-lo com ela e arranjar um bom lar adotivo para o cãozinho. 🤧

“No breve período em que conversamos, fiquei inspirada por essa sincera pessoa”, disse Janes ao portal The Dodo. “Ele estava apenas tentando fazer o certo, para que esse cão ‘não fosse um sem-teto e tivesse uma oportunidade.'”

morador de rua entrega próprio filhote para ser adotado
Foto: Arquivo pessoal / Chasity Guyer

Processo de adoção

O filhote foi levado para a casa da norte-americana, em Salt Lake City, Utah (EUA). Como viaja muito, não poderia ficar com ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Janes então teve a ideia de compartilhar essa história com seus amigos no Facebook, visando sensibilizar alguém a adotá-lo. O post foi um sucesso, e várias pessoas demonstraram interesse em adotar o chihuahua. 🙌

Uma delas, Kathleen Dallmann, ofereceu ajuda à Janes para organizar todos os trâmites burocráticos de adoção. O filhote foi adotado por uma idosa, que ainda ofereceu uma oferta em dinheiro para Ron por tudo que ele havia para mantê-lo seguro e confortável.

“Ron chorou de alegria porque conseguiu ajudar o cachorro a encontrar um lar”, contou Kathleen. “Ele disse que sabia como era ser um sem-teto e não queria que o pequeno fosse sem-teto como ele”.

morador de rua entrega próprio filhote para ser adotado
Foto: Arquivo pessoal / Chasity Guyer

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Nova vida

O cachorrinho foi batizado como Lucky Louie, em referência a um personagem da cultura norte-americana que encontrou ajuda após perder tudo o que tinha.

Adotado e em seu novo lar adotivo, o chihuahua agora só quer aproveitar a nova vida. “Ele está indo muito bem”, disse sua dona, acrescentando que Lucky Louie se sente ‘verdadeiramente seguro’ pela primeira vez em muito tempo. 💕

morador de rua entrega próprio filhote para ser adotado
Foto: Arquivo pessoal / Chasity Guyer

Em busca de Ron

Mas e Ron? Pois bem, a Janes voltou até aquela rodovia para ver como estava a situação do morador de rua.

“Fiquei muito feliz que as coisas deram certo para o cachorro, mas não conseguia parar de pensar em Ron”, disse ela. “Ele nem sequer tinha um lugar para si. Então, eu criei uma página no GoFundMe para ele. Eu não sabia se alguém doaria, mas depois de divulgar a notícia, chegou a US$ 500 (R$ 2600)“.

Pouco depois, mais doações foram feitas, inclusive de um anônimo que doou mais US$ 400 (R$ 1700).

A vaquinha virtual permitiu que Ron conseguisse alugar uma casa e recomeçasse sua vida, assim com Lucky Louie conseguiu. 🤗

“Ele chorou muito”, disse Kathleen Dallmann, que ajudou Janes com a vaquinha. “Ron não conseguia acreditar que a comunidade faria algo tão bom por ele. Quando eu lhe entreguei o dinheiro, ele queria que parte do valor fosse dado ao filhote. Mas eu disse a ele que era apenas para ele“.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Ron expressa sua gratidão por tudo que fizeram por ele e fala sobre os momentos difíceis que precisou lidar nas ruas:

“Agora que ele também tem um telefone, conseguimos entrar em contato”, disse Dallmann. “Ele realmente quer conseguir um emprego. […] Todos merecem uma segunda chance na vida.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: The Dodo

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,002FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,919SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Surfistas vão todos os dias à praia para salvar vidas e recebem gratidão de banhistas

Só quem já passou pelo susto de perder o controle ao nadar em um mar ou uma piscina sabe o tamanho do alívio quando...

Instagram