Morador de rua vende latinhas e doa dinheiro para a campanha “Salve Laurinha”, em SC

Os voluntários da campanha Salve Laurinha foram surpreendidos com uma doação muito especial neste final de semana. Enquanto realizavam um pedágio, na cidade de São José (SC), viram um morador de rua se aproximando para fazer a sua contribuição.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A campanha Salve Laurinha tornou-se forte nas redes sociais e você provavelmente já viu alguma personalidade ou amigo compartilhando um desses posts.

A linda e forte Anna Laura Orsi Batista foi diagnosticada com Amiotrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1 com apenas 7 meses e, desde então, a família busca arrecadar R$ 12 milhões para pagar a dose única do medicamento Zolgensma, responsável pelo tratamento da doença.

campanha salve laurinha
Esta é a linda Laurinha. | Reprodução: Instagram

O homem vendeu todas as latinhas que tinha para doar o dinheiro

Leonardo Michel Cabral, voluntário da campanha, conta que o homem se aproximou dele de forma sutil, para doar o dinheiro e contou sobre como conseguiu o dinheiro. “Vi o que vocês estão fazendo para ajudar essa criança, então vendi minhas latinhas que catei e quero doar R$ 1. Não é muito, mas é o que eu tenho. Eu não tenho nada nessa vida, mas quero ajudar essa criança”, disse o morador de rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A campanha de São José conseguiu arrecadar R$ 6.735, mas com certeza esse R$ 1 teve um significado mais que especial para eles.

voluntários da campanha
Grupo de voluntários da campanha Salve Laurinha

Tratamento para o Davi, criança de 6 anos que sofre de autismo severo e obesidade mórbida, pesando 90 quilos. Contribua para a vaquinha dele!

Leonardo contou que o grupo sentiu muita dificuldade de conseguir as doações. Ele disse que algumas lojas, inclusive, nem deixaram eles entrarem para explicar o que se tratava. Então, quando ele viu a doação do homem, entendeu que não era para desistir. “Nesse momento percebi que não podia parar ou desanimar, pois aquele homem que achava que não tinha nada na vida, ainda tinha um enorme coração. Eu não sei quem ele é nem para onde ele foi depois. Mas, quero agradecer de coração a esse homem que me mostrou que bondade não tem nada a ver com classe social e sim com caráter”, contou.

Um lindo gesto e que só nos faz acreditar em dias melhores!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Zolgensma foi regularizado pela Anvisa

No último dia 14 de agosto, a família de Laurinha recebeu uma ótima notícia. O Zolgensma foi regularizado pela Anvisa, permitindo que a pequena não precise viajar para tomar sua dose, o que reduz bastante o valor da campanha.

Até o momento a campanha Salve Laurinha arrecadou R$ 3 milhões e ainda precisa de mais apoio. Você pode fazer suas doações em dinheiro ou comprando algum produto da Loja da Laurinha. Todas as informações estão no Instagram @salvealaurinha.

A gente também já contou a história de outra doação muito especial para a campanha. Foi a do garotinho de 5 anos que doou todo o dinheiro de cofrinho para Laurinha.

VEJA TAMBÉM:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Enzo Tapetti, um menino de 6 anos teve a ideia de vender sucos para ajudar na compra de respiradores do hospital de sua cidade,
Artur Nogueira em SP. Ele já entregou pessoalmente o respirador e ainda deixou um recado super fofo pra gente! ❤️

FONTE: Rádio Super FM

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Itália segue o exemplo da França e discute lei contra desperdício de alimentos e remédios

A nova lei também prevê campanhas de sensibilização dos consumidores, responsáveis por 43% do desperdício.

Mãe de santo recebe doação em dinheiro de igrejas cristãs para reconstrução de terreiro

Recentemente publicamos sobre a doação de mais de dez mil reais para a reconstrução do barracão que fica em Duque de Caxias, na Baixada...

Empatia engaja empresas de mobilidade e tecnologia no voluntariado

Conversamos com a Cabify e a Matera, empresa especializada em desenvolvimento de tecnologia para o mercado financeiro, sobre suas ações de voluntariado.

Starbucks cria poltronas para suas lojas feitas do próprio lixo plástico

A rede de cafés Starbucks teve uma ótima iniciativa para melhorar a sustentabilidade em sua lojas. Todos os lixos plásticos que são produzido nas...

Instagram