Morador transforma pontos de lixo em jardins com materiais recicláveis

O que antes era um lugar abandonado, cheio de lixo, hoje, é um lindo jardim, graças ao trabalho voluntário do servidor público Manoel Correia Filho, o Niel, de 40 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Morador de Vitória, no Espírito Santo, ele diz que a inspiração veio de uma matéria que viu sobre lixo na televisão: “A gente tinha oito pontos viciados aqui no bairro. Com esse trabalho eliminamos cinco deles. Alguns estavam ali há 20anos e a população não parava de jogar lixo”, contou ao Gazeta Online.

Foi então que ele criou o projeto “Sentir-se bem”, que consiste em juntar pneus, tintas e plantas para mudar a paisagem de locais tomados pelo lixo. Para isso, ele conta com a ajuda de amigos da comunidade que fazem as doações. Ele mesmo coloca a mão na massa: pinta os pneus, os muros e planta as mudas.

“Em um dos lugares coloquei um banco porque lá é muito frequentado por idosos que ficavam sem ter onde sentar”, explica.

“A população tem que entender que o lixo deve ficar embalado e pendurado em um local seguro, ou numa lixeira para que a coleta passe e recolha. Não pode jogar lixo na rua.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Niel conta que a iniciativa inspirou outras pessoas a fazerem o mesmo nos seus bairros. “Meu desejo é que se expanda mesmo para que as pessoas tomem consciência e não joguem mais lixo na rua”, finaliza.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,293,090SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Um alfabeto que possibilita tanto os cegos quanto os que enxergam a ler o mesmo livro

A Associação Tailandesa dos Cegos, em parceria com a BBDO Proximity, conseguiu aproximar cegos e videntes (pessoas que enxergam) criando um livro com uma...

Alunos criam casinhas com garrafas PET para cães desabrigados

Os alunos do grêmio estudantil da Escola Estadual Professora Judith Sant’Ana Diegues, em Ilha Comprida, São Paulo, se uniram para confeccionar casinhas para abrigar...

Amigas vestem a mesma roupa e provam na prática que beleza não tem padrões

Duas amigas com corpos e aparências completamente distintos estão fazendo o maior sucesso no TikTok usando a mesma roupa para provarem que a beleza...

Surdocego virou mochileiro para conhecer todos os países do mundo: já visitou 120!

As limitações de Tony Giles não definem a pessoa que ele é – e nem os seus desejos. Ele é surdocego, mas independente, como...

Instagram

Morador transforma pontos de lixo em jardins com materiais recicláveis 2