Moradores de rua cultivam horta e são reinseridos na sociedade por instituição de SP

Bem ao meio do caos de São Paulo, próximo ao Armênia e a Avenida Cruzeiro do Sul, encontramos um lugar atemporal e pacato, onde os carros quase não passam e as ruas são cheias de casas pequenas, cortiços, bares, galpões e mercearias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste local se encontra a Casa Porto Seguro, que abriga cerca de 150 moradores de rua e realiza um trabalho incrível. Diferente de um albergue comum a casa é um centro de convivência para essas pessoas, onde elas trabalham em uma horta, plantando hoje o que vão comer amanhã.

morador-horta-1 morador-horta-2 morador-horta-3

Todos os que convivem na casa são colaboradores da mesma e além de comida a casa oferece banho, café da manhã, almoço e a oportunidade de lavarem suas roupas. Além também de muitas outras atividades como aulas de alfabetização, Ensino Fundamental e Médio, capoeira, aulas de arte, yoga, entre outras.

A casa faz com que os moradores de rua sejam os protagonistas de suas próprias vidas, trocando o esforço deles por tudo que um cidadão inserido tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

morador-horta-4 morador-horta-5 morador-horta-6 morador-horta-7

Além disso a casa recebe também homossexuais e todo mês realiza uma assembléia onde os conviventes discutem vários temas, decidem o futuro da casa e suas regras também.

“As regras são decididas por eles. Não posso decidir nada sozinho. Eles precisam se apropriar e se reconhecer”, comenta o gestor Dinei Spadoni.

via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,808,606SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O namorado também raspa a cabeça para dar força para a namorada em quimioterapia

Quando a Camila começou a fazer quimioterapia, seu namorado Diovane também raspou a cabeça como gesto de apoio e solidariedade. Ela venceu o câncer...

O primeiro óculos do mundo com grau autoajustável ajudará milhares de pessoas em países subdesenvolvidos

Mesmo depois de algumas idas ao oftalmologista, é comum que não enxerguemos muitos dos problemas do mundo. Como, por exemplo, o fato de que...

Após perder a filha, pai cria robô que detecta infecção hospitalar

Este pai perdeu a filha, ainda prematura, para uma infecção hospitalar e, agora, com um robô criado por ele pretende salvar milhares de vidas!

Em SP, 10º Concurso Moda Inclusiva desfila looks para pessoas com deficiência

Entre os looks que participarão do desfile, estão propostas de São Paulo, Rio Grande do Norte, Paraná e Rio Grande do Sul.

Menina de 8 anos repreende mudança do nome da Cmei Arco-Íris

A menina Maria Luíza Meneghon foi à Câmara de Vereadores de Palmas e repreendeu o projeto de lei do vereador Filipe Martins.

Instagram

Moradores de rua cultivam horta e são reinseridos na sociedade por instituição de SP 4