Estudante transforma moradores de rua em guias turísticos na Irlanda

Uma iniciativa criada por um universitário vem transformando a vida dos moradores de rua de Dublin, capital da Irlanda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tom Austin convida os desabrigados a trabalharem como guias turísticos da capital. Assim, eles podem obter uma fonte de renda considerável, usando apenas os conhecimentos adquiridos na prática sobre a cidade. De quebra, são reintegrados à sociedade.

O projeto tem inspirado outras cidades a fazerem o mesmo, como Manchester, Londres e Viena.

moradores de rua viram guias turísticos irlanda

Ao lado de outros dois amigos, Pierce Dargan e Gareth Downey, Tom obteve o apoio da Dublin Simon Community, uma organização sem fins lucrativos, e recrutou o morador de rua Derek McGuire para ser o primeiro guia do projeto, que deve se expandir com mais guias cobrindo outras partes turísticas da capital.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

moradores de rua viram guias turísticos irlanda

Dublin enfrenta uma crise imobiliária que inflou o preço dos aluguéis, causando o despejo de centenas de pessoas de classe média baixa que não tem dinheiro para pagar. Estima-se que 10 mil pessoas estejam desabrigadas na capital irlandesa.

Leia tambémMoradores de rua ganham dia de beleza e kits de higiene em Goiânia

Excursão

Contemplado pela iniciativa de Tom, Derek McGuire hoje controla uma rota turística de 1,3 km que inclui áreas onde ele dormiu por dois anos após perder a casa em 2014, e passar por cinco abrigos para sem-teto.

Cada turnê tem duração de 90 minutos e custa 10 euros (R$ 46,70). No trajeto, Derek dá dicas sobre como se manter seguro, esconder bens e se misturar com a multidão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

moradores de rua viram guias turísticos irlanda

Dignidade aos moradores de rua

O trabalho resgatou a autoestima e senso de identidade de Derek. O guia turístico tem ciência da crise imobiliária e sabe que o preço dos aluguéis dificilmente cairão nos próximos meses.

Leia também: Igreja abre portas para moradores de rua dormirem todos os dias há 15 anos

No entanto, fica feliz com o boom impulsionado pela tecnologia que está trazendo cafés modernos e outras empresas para o local, onde ficam escritórios do Facebook e do Google.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Vejo isso como uma oportunidade de contar minha história”, conclui ele.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Aplicativo ensina sinais básicos em Libras para iniciar uma conversa com um surdo

O aplicativo ensina frases básicas como "olá", "meu nome é [seu nome]" e "obrigado".

Igreja quita mais de R$ 35 milhões em despesas médicas de famílias

"Você pode imaginar o que essas pessoas vão sentir esta semana quando receberem a carta que nós enviamos dizendo que suas dívidas foram pagas?"

Rainha Elizabeth adota cãozinho de funcionário que faleceu

Um gesto à altura do seu título: nobre!

Uma hora depois de se despedir de sua filha, mãe grava vídeo emocionante para homenageá-la

Como enfrentar a perda de um filho? Afinal, nenhuma mãe deveria ver esse pedcinho de seu coração que bate do lado de fora do...

Mãe e filha costuram casacos de lã para galinhas que viviam em cativeiro não passarem frio

Já imaginou que galinhas podem sentir frio? Ann Congdon e a filha, Nicola, criaram as galinhas da família em gaiolas industriais durante anos. Agora, por...

Instagram

Estudante transforma moradores de rua em guias turísticos na Irlanda 1