Moradores repõem latinhas roubadas e salvam passeio de alunos

Moradores de Irati, no Paraná, ajudaram a repor o dinheiro de mais 50 quilos de latinhas que estudantes, professores e funcionários de uma escola de ensino infantil arrecadaram para pagar o lanche das crianças durante uma viagem à Curitiba.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eles foram surpreendidos pela ação de ladrões depois de um mês de trabalho. Um balde de água na fria nas crianças, que não viam a hora de conhecer o zoológico e o Jardim Botânico. Os pequenos ficaram desesperados e caíram no choro. As informações são do G1.

Leia também: Associação leva 50 mil crianças pobres para praia nas férias

A escola avisou na rádio e na sua página no Facebook sobre o furto e também pediu doações de latinhas:

“Hoje seria o dia que nossos aluninhos iriam vender as latinhas recicladas que eles e seus familiares juntaram para comprar lanches para a viagem que irão fazer ao Zoológico e ao Jardim Botânico na quarta-feira dia 12/09 como parte do projeto ” Explorando os Seres Vivos além dos Muros da Escola”.
Digo seria… porque as latinhas foram roubadas…mais de 50kilos …trabalho de um mês das crianças reciclando…o pior foi ver a tristeza e decepção das crianças pois elas iriam vender as latinhas e elas mesmas iriam ao mercado fazer as compras…lanchinhos e guloseimas para a viagem… Triste saber que existem pessoas tão más…

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se alguém tiver latinhas para nos doar até amanhã…agradecemos de coração…”

Tocados pela tristeza das crianças, os moradores da cidade começaram a se mobilizar para salvar o passeio.

A escola conseguiu arrecadar o dobro de latinhas levadas pelos ladrões. Um grupo de pais fez uma força-tarefa para montar os lanches das crianças na madrugada do dia do passeio. E, mesmo depois da viagem, as latinhas não pararam de chegar.

“Deu para pagar o lanche, o almoço e para investir em mais projetos aqui na escola”, comemorou Avani Zanlorenzi, diretora da Cmei Alexandre Iarema.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira algumas fotos do passeio:

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

Moradores repõem latinhas roubadas salvam passeio crianças

crédito das fotos: Reprodução/Facebook Cmei Alexandre Iarema

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,246,606SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

São Paulo terá Centro de Tratamento para Covid-19 em 40 dias com 100 leitos

A Prefeitura de São Paulo, o Hospital Israelita Albert Einstein, a Ambev e a Gerdau anunciaram que vão construir um centro de tratamento para...

Funcionários demitidos de hospital permanecem de maneira voluntária em Americana (SP)

Devido a uma determinação judicial, 12 dos 34 funcionários comissionados do Hospital Municipal de Americana, em São Paulo, foram demitidos e agora estão trabalhando...

Nunca antes um discurso foi tão atual como o de Chaplin no filme “O grande ditador”

Vivemos um momento político muito intenso, em que a população torna-se realmente ativa na luta por um país melhor. Por isso, o discurso de um...

Garoto de 13 anos reúne 2 mil cordéis e cria ‘cordelteca’ em Bauru (SP)

Pedro batizou a cordelteca de Gonçalo Ferreira da Silva, nome de um poeta de Ipu, no Ceará, conhecido por ser um dos fundadores da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.

Mãe grávida recebe gentileza de desconhecido no voo para acalmar seu bebê

Quem já viajou de avião com crianças sabe que tudo pode acontecer, desde os pequenos ficarem quietinhos o voo inteiro ou simplesmente chocarem o...

Instagram