Moradores da periferia de SP trocam recicláveis por cursos profissionalizantes

Clique e ouça:

Os moradores da Cidade Tiradentes, na Zona Leste de São Paulo, ganharam um espaço onde poderão trocar resíduos recicláveis por cursos profissionalizantes, produtos alimentícios, entre outros benefícios.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Casa SO+MA é uma iniciativa da startup SO+MA, focada no inventivo de novos hábitos e no empreendedorismo social, e do Grupo HEINEKEN no Brasil. O espaço foi inaugurado no último dia 31 de outubro.

Leia também: Menino de 7 anos tem sua própria empresa de reciclagem

Ali vai funcionar SO+MA Vantagens, primeiro programa de fidelidade para moradores de comunidades em todo o Brasil. Ele dará às famílias participantes a chance de trocar resíduos recicláveis por pontos para a realização de cursos profissionalizantes (gastronomia, fotografia e beleza), cursos de inglês ou por alimentos.

moradores periferia são paulo trocam recicláveis cursos profissionalizantes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O programa chega à Cidade Tiradentes depois de ter sido implementado no Capão Redondo, no extremo Sul da capital paulista. Gerente sênior de Sustentabilidade do Grupo HEINEKEN no Brasil, Ornella Vilardo destaca a importância do apoio ao programa, que já encaminhou mais de 92 mil quilos de resíduos para a reciclagem e deve chegar em breve à Bahia, no desenvolvimento das comunidades onde a SO+MA atua.

“A parceria do Grupo HEINEKEN no Brasil com o SO+MA vantagens permite que o cidadão de menor renda tenha novas oportunidades a partir do incentivo à educação ambiental. Hoje, o programa beneficia mais de 1.200 famílias engajadas e queremos que muitas outras também possam vir a participar”, afirma Ornella.

moradores periferia são paulo trocam recicláveis cursos profissionalizantes
Ornella Vilardo, Gerente sênior de Sustentabilidade do Grupo HEINEKEN no Brasil

Leia também: “Dá pra reciclar tudo!”: senhora criou mais de 42 filhos com a reciclagem

É o caso da família da Cristina dos Santos, cabeleireira, que precisava incrementar seus rendimentos e sonhava em fazer um curso de manicure. Ela conseguiu fazer um curso profissionalizante na área e iniciar a nova carreira após acumular os pontos necessários no programa. “Muitas pessoas acham que o material reciclável é lixo, mas, na verdade, ele não é, pois isso, inclusive, já me rendeu um curso gratuito e estou muito feliz!”, comenta Cristina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

moradores periferia são paulo trocam recicláveis cursos profissionalizantes

As recompensas ofertadas pelo SO+MA Vantagens e o extrato de pontos podem ser acompanhados pelo site www.somavantagens.com.br.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito das fotos: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,050,303FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,184SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Vendedor de salgados é humilhado e recebe ajuda de vaquinha que bate R$70 mil em 24h

Rafael, que só tem uma das mãos, foi humilhado por cliente que não aceitou o atraso da sua encomenda de salgados.

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Moradores da periferia de SP trocam recicláveis por cursos profissionalizantes 13