Mesmo morando na rua, ele proporciona um lar para 17 cães

Quem vive em situação de rua precisa aprender a conviver com a solidão. Mas, por sorte, essa não é a realidade do morador de rua Gilberto da Cunha Alves.

Ele vive nas ruas de Maceió (AL) há quinze anos, desde que a família o abandonou depois que a sua mãe morreu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gilberto ficou amigo de 17 cães, que o ajudam a preencher o vazio da falta de alguém para dividir os dias nas ruas. Ele vive em frente a um galpão na Avenida Durval de Góes Monteiro, parte alta de Maceió. O sem-teto aproveita a região para levantar algum dinheiro e garantir a alimentação dele e a dos cães.

Diariamente ele pede ajuda aos condutores que trafegam pela avenida e, até, improvisa um malabarismo. “Às vezes é difícil conseguir algo. Em alguns dias, foi mais fácil conseguir para os cães do que para mim”, conta Gilberto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Jonnathan Firmino

via [TNH 1]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,493,634SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cachorra faminta ‘invade’ casa de casal durante tempestade e acaba sendo adotada

Em meio a uma forte tempestade que tomou conta das ruas da Filadélfia, na Pensilvânia (EUA), uma cachorra em situação de rua acabou 'invadindo'...

Advogado curado de leucemia junta dinheiro para dar casa à sua doadora

Buscando recompensar a doadora de medula que curou sua leucemia, o advogado Gabriel Massote Pereira, que mora em Uberlândia (MG), decidiu fazer uma vaquinha...

Estudantes arrecadam materiais recicláveis para confeccionar bonecos para crianças do Haiti

As irmãs gêmeas Maria Clara e Maria Eduarda Arcoverde, estudantes do 1º ano do ensino médio do Colégio Marista João Paulo II, em Brasília,...

Período de quarentena faz poluição do ar cair 53% no Rio e 30% em São Paulo

No dia 21 de março, o estado do Rio de Janeiro decretou o isolamento social para evitar a propagação da Covid-19. Três dias depois,...

Curso a distância para cuidadores de velhinhos está com inscrições abertas

As pessoas estão vivendo mais e a consequência disso é o envelhecimento da população. Isso implica preparar a sociedade para cuidar dos velhinhos, como...

Instagram