Descanse, Thor! Morre cão-herói que atuou nas buscas em Mariana e Brumadinho

Os brasileiros perderam esta semana um herói de quatro patas. Thor, o cachorro do Corpo de Bombeiros que auxiliou nas buscas de vítimas soterradas nos desastres ambientais de Mariana e Brumadinho, morreu aos cinco anos e dois meses de idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O cão da raça border collie faleceu depois de sofrer com um quadro grave de leishmaniose e uma infecção no pâncreas que danificou o intestino dele, o que provocou uma hemorragia interna. Thor era um dos principais cães farejadores em situações de risco do Brasil e atuou em diversos desastres no estado de Minas Gerais.

O cachorro não levava à toa o nome de Thor, o deus dos trovões e das batalhas. Ele enfrentou diversos desastres ambientais e acidentes para salvar vidas e resgatar corpos.

“Graças à atuação dele inúmeras famílias puderam ter seus entes queridos localizados e velados. Thor era considerado uma referência nacional na localização de pessoas desaparecidas. O Thor nunca foi considerado como apenas um cão e, sim, como um Bombeiro Militar que verdadeiramente era”, informou o Corpo de Bombeiros por meio de nota.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Thor e vários outros cães foram utilizados nos resgates após o rompimento das barragens da Vale em Brumadinho, neste ano, e em Mariana, em 2015. O animal participou também do resgate do esportista francês Gilbert Eric Welterlin no Pico dos Marins, entre o estado de São Paulo e Minas Gerais, no ano de 2018. Além disso, ele foi um dos principais farejadores após o desabamento de um edifício no bairro de Mantiqueira, em Belo Horizonte.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Cão de caça resgata criança autista de 3 anos desparecida em floresta

Além dele, outro cachorro que atuou em Brumadinho também morreu este ano. Barney desapareceu ao saltar num rio em busca de vítimas de um acidente em Santa Catarina. Os bombeiros mineiros seguem realizando buscas em Brumadinho.

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: Hypeness/Fotos: Divulgação/CBMMG

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

996,675FãsCurtir
1,941,430SeguidoresSeguir
9,711SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

USP cria ventilador pulmonar de baixo custo com tecnologia 100% brasileira

Cientistas da USP desenvolveram um protótipo de ventilador pulmonar emergencial capaz de ser produzido em massa para atender a demanda hospitalar de pacientes infectados...

Homem planta 152 milhões de árvores e refloresta manguezal sozinho no Senegal

Um homem aposentado plantou incríveis 152 milhões de árvores em um intervalo de 10 anos às margens do rio Casamansa, no Senegal. Plantando sem parar...

Nesse hotsite especial agrupamos vagas home office para ajudar você

Por conta do coronavirús, as empresas estão adotando o home office para driblar a crise. Para ajudar você que perdeu ou busca por um...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Cliente antecipa pagamentos para salão de sobrancelha passar por crise do coronavírus

A servidora pública Débora Benon, de Brasília (DF), tinha uma viagem planejada com o marido e os três filhos no início de abril. Mas veio...

Instagram