Mossoró recebe Operação Sorriso para novo mutirão de cirurgias gratuitas em pacientes com fissura labiopalatina

Clique e ouça:

A Operação Sorriso (OS) retorna à Mossoró (RN) pela terceira vez para a realização de mais cirurgias de correção de lábio leporino e fenda palatina a partir do dia 15 de janeiro. A missão humanitária na cidade potiguar deve realizar cerca de 50 cirurgias entre os dias 17 e 20 do próximo mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante os dois programas anteriores (2016 e 2017) foram realizadas 1.836 consultas e 105 cirurgias gratuitas. “Iniciamos o ano em Mossoró com uma grande expectativa em função da mobilização da população e dos agentes de saúde para o pré-cadastramento de pacientes do interior do Rio Grande do Norte”, afirma Ana Stabel, diretora executiva da Operação Sorriso.

A parceria Voltália-Copel e BNDES – agente financiador via subcrédito da linha ISE (Investimento Social de Empresas) tem assegurado a continuidade das missões no estado. “Esse ano, devemos focar em negociações com o Secretário de Saúde para capacitar especialistas locais para atenderem os pacientes após as cirurgias”, explica a diretora.

 Como participar

Para participar da triagem, basta comparecer à seleção no dia 15, no Centro Clínico Prof. Vingt Un Rosado, levando documentos de identificação do paciente e também do responsável (caso o paciente seja menor de idade). Pacientes e mais um familiar que residam fora de Mossoró poderão solicitar hospedagem gratuita no dia da seleção. Nesse caso, a Operação Sorriso também oferecerá transporte do local da hospedagem à instituição de saúde, além de alimentação sem custo. No mesmo dia, os pacientes operados em 2017 poderão retornar para a consulta pós-operatória de 1 ano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após a triagem, os pacientes selecionados passarão por procedimentos com os voluntários da Operação Sorriso no Hospital Wilson Rosado, entre 17 e 20 de janeiro.

Ao todo, 60 voluntários do Brasil e de outros países, como Estados Unidos e Venezuela, estarão envolvidos no programa. Todos os selecionados possuem experiência em outros programas humanitários da organização e são profissionais de saúde especializados em fissuras labiopalatina, aptos a prestar assistência a pacientes em diversas especialidades, como Cirurgia Plástica, Fonoaudiologia, Anestesia, Psicologia e Odontologia.

Parcerias são fundamentais para que o trabalho seja realizado com sucesso. A Operação Sorriso é patrocinada por empresas como Voltália, BNDES, Copel, Azul Linhas Aéreas, Johnson&Johnson, White Martins, Abbvie, Alfacomputer, Aumund, Bbraun, Bradesco Seguros, Citi, Associação Citi Esperança, Comerc, Comunicare Consultoria de Comunicação, Cristália, Day Pharma, Eu amo papelão, F/Nazca S&S, Hasbro, Icatu Seguros, Infobip, LDS Church, Mundotraduz, Pepsico, Rastru, Rei do Malote, Repsol Sinopec Brasil, Rotary Club – Chácara Flora, Seteco, Schivartche Advogados, The British School, Way Models e Approach Comunicação.

A Associação Brasileira de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), Projeto Genoma, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Prefeitura Municipal de Mossoró, Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Wilson Rosado, Centro Clínico Prof. Vingt Un Rosado também são parceiros da organização. Veja a lista completa no site www.operacaosorriso.org.br

SERVIÇO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Programa Internacional de Mossoró (RN)

Seleção dos pacientes
Dia: 15 de janeiro de 2018

Horário: A partir das 8h

Local: Centro Clínico Prof. Vingt Un Rosado (antigo PAM do Bom Jardim) – Rua Afonso Pena, 152 – Bom Jardim.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cirurgias

Dias: 17 a 20 de janeiro de 2018

Local: Hospital Wilson Rosado – Rua Pedro Velho, 250 – Santo Antônio
Informações: Das 10 às 12h e das 15h às 17h no (84) 3318-9026.

Sobre a Operação Sorriso

A Operação Sorriso é a maior organização médica voluntária do mundo. Reúne profissionais de 60 países para ajudar exclusivamente a pessoas nascidas com deformidades faciais, especialmente lábio leporino e fenda palatina. Em quase 35 anos de trabalho, já transformou a vida de mais de 240 mil crianças pelo mundo.

No Brasil, as ações tiveram início em 1997 e já foram realizados mais de 98 mil exames e avaliações especializadas e mais de 5,1 mil cirurgias em doze estados brasileiros.

Só em 2016, a organização realizou mais de 4300 avaliações médicas e ultrapassou o número de 370 cirurgias. Tudo gratuitamente, devolvendo a dignidade, funcionalidade e autoestima para milhares de pacientes.

Para ajudar

Quem quiser ajudar pode fazer doações em dinheiro (que facilitam compras em grande quantidade): http://www.operacaosorriso.org.br/index.php/get-involved/doacao-financeira/

Doações para Operação Sorriso podem ser feitas direto em conta:

Associação Operação Sorriso do Brasil

CNPJ: 08.691.563/001-85

Banco Itaú – 341

Ag: 8729 C/C: 23082-4

Comunicar depósito através do e-mail: [email protected].org

Relatórios financeiros disponíveis no site (http://www.operacaosorriso.org.br/index.php/operacao-sorrisoquem-somos/financeiro/)

As empresas também podem apoiar a Operação Sorriso com recursos financeiros, humanos ou contribuições em espécie ou através de parcerias corporativas.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,050,987FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,278SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Homem cria “restaurante” 24 horas para alimentar cachorros de rua

João Araújo mora em Palmas, no Tocantins e é gerente de uma loja de peças para motos. Ele sempre se preocupou com os cachorros de rua da...

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Mossoró recebe Operação Sorriso para novo mutirão de cirurgias gratuitas em pacientes com fissura labiopalatina 14