Em Fortaleza, motorista de app encontra R$ 8 mil e devolve para passageira

“Não é questão de honestidade, mas de respeito, bom trato e bom senso”, afirma o motorista parceiro da 99, Eduardo Parranhos Neto.

Ele encontrou um envelope com R$ 8 mil e o devolveu à passageira que havia esquecido a quantia dentro do seu carro, entre o banco e a porta traseira.

Não era qualquer valor, mas todo o lucro da empresa onde a passageira trabalhava. Ela estava indo entregar o envelope para sua chefe. Eduardo já estava em outra corrida quando recebeu a ligação da 99 informando que a passageira havia esquecido o item no banco.

“Em nenhum momento violei o pacote, que era transparente. Pelo volume, identifiquei que ali existia uma quantia alta e que seria um pagamento, alguma coisa nesse sentido”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Então, o que pensei foi que a pessoa, ou as pessoas envolvidas com esse pagamento iam passar um dia bem difícil. Sabe-se lá, semana, mês… A sensação foi de angústia mesmo”, narra o motorista.

Devolução da quantia

Depois de finalmente encontrar o envelope, Eduardo, por iniciativa própria, procurou a Casa99 de Fortaleza para interceder na devolução do dinheiro.

motorista do aplicativo da 99 sorri olhando na direção da janela do carro
Foto: Eduardo Parranhos/arquivo pessoal

Chegando lá, foi recebido por uma atendente, que fez o contato com a passageira. Ao receber a ligação, a mulher demonstrou gratidão e felicidade, pois já não sabia como iria devolver o valor para a empresa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Tudo o que encontro no meu carro, eu devolvo. Se não é meu, eu tenho que devolver. Vai fazer falta pra pessoa de alguma forma. Seja dinheiro em espécie, seja algo material. Às vezes, algo pra saúde, né? Um medicamento, um aparelho…. Então, é isso, o certo é devolver”, afirmou.

Princípios acima de qualquer coisa!

Eduardo, 56 anos, é jornalista e atuava no mercado de eventos, um dos mais prejudicados pela pandemia do novo coronavírus. Para não ficar parado, começou a trabalhar como motorista de aplicativo.

Mesmo atuando em uma área que não é sua e passando por algumas dificuldades, Eduardo manteve-se fiel à sua linha de pensamento: “o que não quer para você, não deve querer para o outro”.

“E se eu perdesse os R$ 8 mil? Estaria em uma situação extremamente difícil. A mensagem que eu tenho pra passar é que as pessoas deveriam ter isso, respeito, bom trato e bom senso”, concluiu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nada mais justo, de ambos os lados, não é mesmo? 🙂

Relacionados

Com dinheiro de corridas, motorista faz faculdade de psicologia para atender usuários da Cracolândia de SP

Com horário certo para entrar e outro para sair nas empresas de telemarketing por onde passou, Juliana dos Santos, de 34 anos, decidiu se...

99 lança Guia da Comunidade para promover empatia entre os usuários e tornar suas viagens mais seguras

Uma iniciativa super importante da 99 chegou para diminuir casos de desrespeito dentro da plataforma. O Guia da Comunidade 99. Essa ferramenta convida motoristas e...

+ DO CANAL

Depois de “falir”, cozinheira prova sua capacidade de resiliência e leva quentinhas a lugares que nunca imaginou

A gastronomia é a grande paixão da chef pernambucana Maria da Conceição Melo, de 48 anos. Mas nem sempre foi assim, quando mais jovem...

Com dinheiro de corridas, motorista faz faculdade de psicologia para atender usuários da Cracolândia de SP

Com horário certo para entrar e outro para sair nas empresas de telemarketing por onde passou, Juliana dos Santos, de 34 anos, decidiu se...

Amor de pai! Após perder a esposa, viúvo dá exemplo de paternidade ativa sem (falso) heroísmo

Erivaldo Aparecido da Silva, 38 anos, trabalhador, viúvo. Pai-herói por criar os dois filhos sozinho? O motorista parceiro da 99 dispensa o rótulo. “Se...

Mulher ao volante: motorista é premiada com maior número de avaliações positivas no RJ

Quem nunca ouviu, ou repetiu, mulher no volante, perigo constante? Claudia Grugel dos Santos é motorista parceira da 99 há três anos e por...

Em vez de usar cupons de desconto, influenciadora doa refeições a moradores de rua e crianças com câncer

A digital influencer Andréia Porto Costa e a 99Food, plataforma de entrega de comida, se uniram em uma ação de solidariedade e cidadania. Déia, como é conhecida nas redes sociais,...

Instagram