Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe

Uma ligação mais do que especial tem chamado a atenção das pessoas, na cidade de Salt Lake City, Estados Unidos. Tudo começou quando Isabella Pieri, de 11 anos precisava de ajuda com os seus cabelos. Sua mãe, morreu há dois anos de uma rara doença e, desde então, ela tem sido criada pelo pai, que consegue se virar em dois para quase todas as coisas, menos arrumar o cabelo da filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionado: Motorista de ônibus escolar para todos os dias no mesmo lugar para alimentar cão abandonado

Depois de precisar cortar o cabelo devido a um grande emaranhado impossível de ser desfeito, ele decidiu que aprenderia, ao menos, fazer um rabo de cavalo e Isabella usou este penteado durante meses seguidos, até que chegou um dia e quis mudar.

Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe 2

Ao ver a motorista do ônibus escolar, Tracy Dean, fazendo uma linda trança em uma colega de classe, a garota decidiu perguntar se ela não poderia fazer o mesmo por ela, pois não sabia fazer trança: “A gente não pode ser tímido, temos que ter coragem de falar com os outros”. Desde então,  Tracy tem feito tranças no cabelo de Isabella todas as manhãs.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe 3

Dean tem tido uma relação especial com os alunos desde que teve um câncer de mama, há aproximadamente 7 anos: “Eu descobri que eu tinha câncer de mama, e essa é uma das coisas que passaram pela minha cabeça – quem vai cuidar dos meus filhos? Não que meu marido não pudesse fazer isso, mas você sabe, é o que as mães fazem”. A sua doença fez ela enxergar a vida sob uma nova perspectiva e agora, os alunos que ela costuma levar e buscar todos os dias para ir a escola, são como se fossem seus próprios filhos. Parece simples, mas o simples fato de ter uma pessoa amorosa fazendo trança todos os dias em seus cabelos, fez com que Isabella recebesse um carinho feminino e maternal, que tanto sentia falta desde que perdeu sua mãe.

Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe 4

Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe 5

Assista aqui embaixo a reportagem feita pela rede americana CBS5:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Good News Network

Fotos: reprodução Facebook / AZFamily

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,130,150SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cerveja SOL começa a ser produzida com 100% de energia solar no Brasil

Desde novembro, a cerveja SOL, que pertence ao Grupo HEINEKEN, utiliza energia solar na produção de 100% do seu volume no Brasil. A utilização da energia solar nas unidades de Ponta Grossa...

Instituição que oferece ensino integral gratuito busca a sua colaboração em campanha de financiamento coletivo

A educação é uma das principais ferramentas de desenvolvimento do ser humano. Com ela, é possível atrair oportunidades e construir a consciência social de...

Da roça ao Tribunal: juiz do DF dormia em escola para não perder aulas

Aos 39 anos de idade, o juiz Fábio Esteves percorreu um longo e intricado caminho até se tornar titular do Tribunal de Justiça do Distrito...

Aposentada constrói casinhas de papelão para crianças carentes

Há três anos, Alice Migliorin, uma química aposentada gaúcha que vive no Rio de Janeiro, criou o projeto "Casinhas de papelão para aguçar a imaginação". "Sempre...

Fotógrafo registra casamentos de várias culturas ao redor do mundo de forma encantadora

A gente vê por todo canto fotos de casamentos, mas o trabalho do fotógrafo russo Emin Kuliyev merece destaque por um motivo principal – ele já...

Instagram

Motorista de ônibus faz trança todas as manhãs em garota que perdeu a mãe 7