Motorista de app usa carro para divulgar música de amigo: ‘Acredito muito no potencial dele’

“Acredito muito no potencial dele e sei que não tem limite para onde ele pode chegar. Estou muito feliz por estar sendo importante para ele e para a carreira dele”, conta o motorista de aplicativo Victor Dias, que tem usado seu veículo para divulgar o amigo, que é músico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia, criada sem muita expectativa, alavancou a divulgação da música “Pior que eu Gosto Dela”, lançada em agosto por Matheus Sant’Anna e seu grupo de pagode Fundo de  Quintal.

Um trecho da canção – “A amizade! Nem mesmo a força do tempo irá destruir” – resume bem a história de fraternidade dos dois. Matheus é publicitário de formação, enquanto Victor trabalha como técnico em telecomunicações. Eles são nascidos e criados em São Gonçalo (RJ) e se ajudam como podem há cinco anos.

Algumas semanas atrás, Victor colocou um cartaz no banco de passageiro do veículo que usa para trabalhar como motorista de app. Na mensagem, escreveu: “Ouça a música do meu amigo! (Quero andar de iate quando ele ficar rico)”.

motorista app usa carro para divulgar amigo música

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele só não esperavam que um passageiro tirasse uma foto e o conteúdo viralizasse na internet: tanto que a música de lançamento do cantor já acumula mais de 50 mil visualizações no YouTube.

Matheus conta que sempre gostou de compor e cantar, mas se sentia inseguro com relação ao seu potencial (sempre super elogiado por amigos e familiares).

Já Victor sempre incentivou o amigo a gravar sua primeira música. Após o lançamento, a faixa de R&B não decolou e tinha poucas visualizações nos serviços de vídeo e streaming.

Daí, em setembro, surgiu a ideia de fazer uma “propaganda” do som para seus clientes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O pessoal estava dizendo que a música era boa, mas o vídeo estava com poucas visualizações. Aí eu conversei com o Victor e, como sou publicitário, pensei: ‘Temos que dar um jeito nisso’. Ele então sugeriu de colocar uma foto no banco do carro. A intenção era realmente que o pessoal visse e procurasse. Mas aí mandaram para a página São Gonçalo Vai Mudar, aqui do município, e começou a viralizar”, explicou Matheus.

Além das 51 mil visualizações no YouTube (e contando!), a canção bateu 15 mil audições no Spotify. De acordo com o músico, a letra é inspirada na história de um amigo.

“[Foi] jogado para a friendzone [zona da amizade] por uma menina que gostava, mas não queria nada sério com ele. Eu converso bastante com meus colegas sobre relacionamentos. Sempre gostei de escrever músicas, então usei essa história pra compor essa”, ressaltou ele.

motorista app usa carro para divulgar amigo música

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Amizade de longa data

Foi em uma empresa de telemarketing que Matheus e Victor se conheceram – eles trabalharam juntos e forjaram sua amizade há cinco anos. “Ele me contou desse desejo artístico dele, mas ainda não tinha colocado em prática. Me surpreendeu a qualidade da música e pensei em uma forma de ajudar meu amigo. Tive a ideia, mas achei que só algumas pessoas que entrassem no carro fossem acessar mesmo”, disse Victor.

Até hoje eles não sabem quem foi o passageiro que tirou a foto e divulgou, uma vez que a postagem foi feita sob anonimato. De todo jeito, a alavancagem se mostrou fundamental para espalhar a música.

Melhor amigo e sempre próximo, Victor torce pelo que o colega ainda vai lançar na indústria musical. “Acredito muito no potencial dele e sei que não tem limite para onde ele pode chegar. Estou muito feliz por estar sendo importante para ele e para a carreira dele”, declarou.

“Recebi muitos elogios e também ganhei alguns seguidores. É a minha primeira música. Fui notado até por um beatmaker [produtor de música] bem conhecido. Dei muita sorte nessa minha amizade, é raro um amigo sonhar junto com a gente assim em crescer”, afirmou Matheus, que vê a música como uma maneira de prover melhores condições de vida à família.

“Ainda tenho muito som para lançar. Meus amigos botam muita fé em mim. Minha meta é crescer para dar uma vida de madame pra minha mãe. Brinco falando que vou deixar ela com cara de 25 anos. Meu pai disse que não quer nada demais, só um terreno grande pra fazer suas plantações. Ele gosta muito de plantas”, completou.

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 8º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: NH TV
Fotos: Reprodução / Instagram

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Atacante não participa de jogo para doar células-tronco a paciente com leucemia

Atacante foi considerado o "jogador da partida" mesmo sem estar presente.

Clínica transforma momento da inalação para as crianças em pura diversão

A ideia é simples: transformar o drama da inalação em diversão.

Coletor que teve carro apreendido pela Guarda Municipal ganha vaquinha para garantir sustento da família no DF

Fernando trabalha com coleta de recicláveis desde os 10 anos de idade. Ele estava em um dia de trabalho normal, quando teve o seu...

Livros antigos são transformados em lindos “vasos” para flores

Se você ama plantas e livros, eis uma dica de decoração perfeita para você se inspirar e fazer aí na sua casa! A ideia é...

O sorriso desta bebê prematura está derretendo corações do mundo inteiro

A bebê nasceu prematura, com menos de 2 kg, e não esconde sua gratidão pela vida.

Instagram