Após 6 anos de luta, mulher consegue adotar menino órfão que conheceu durante missão em Uganda

Uma jovem britânica que venceu uma batalha legal que perdurou por anos para adotar um menino de Uganda, no leste da África, trouxe ele para o Reino Unido pela primeira vez.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Emilie Larter, 29 anos, de Worcestershire, na Inglaterra, era voluntária de uma instituição de caridade infantil no país africano em 2014, quando cuidou de um bebê cuja mãe havia falecido.

mulher consegue adotar menino órfão missão caridade

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora – 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora, ganhe um brinde especial + frete grátisclique aqui.

Cinco anos depois, depois de levantar R$ 180 mil por meio de uma vaquinha virtual para custear o processo judicial de adoção, ela foi autorizada a acolher Adam, agora com 6 anos de idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No entanto, Emilie agora precisa passar pelo processo legal novamente no Reino Unido.

Estar na Inglaterra é “surreal”, disse ela, “mas ele está adorando a atenção”.

“Eu continuo tendo que olhar para Adam e me lembrar o que acabamos de passar para chegar aqui”, resumiu a mamãe adotiva.

Emilie segurou Adam pela primeira vez no colo quando ele tinha cinco dias de vida – logo depois de se tornar sua cuidadora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante dois anos, ela visitou Adam enquanto trabalhava como professora no Reino Unido, mas voltou para Uganda em 2016 depois de encontrar trabalho em uma escola internacional.

Uma campanha de financiamento coletivo para ajudar no custeio com a adoção do menino arrecadou £ 25.000 (R$ 180 mil) e em 2019 ela venceu sua batalha legal que perdurou três anos.

“Quando estávamos no avião e Adam viu terra firme após uma longa passagem pelo mar, gritou: ‘Mamãe, olhe, é a Inglaterra – eu adoro isso'”, disse a jovem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora – 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora, ganhe um brinde especial + frete grátisclique aqui.

Lutando para ser mãe

“Tenho que readotar ele aqui no Reino Unido. Ele ainda pode ir à escola, ele ainda pode usar os serviços de saúde – só que ainda não sou reconhecida como sua mãe aqui”, disse Emilie.

Mãe e filho vivem atualmente com os pais dela após semanas intensas em Uganda. Ela disse que a experiência foi um pouco “irreal”, acrescentando: “Acho que ele pode pensar que a vida na Inglaterra é assim”.

O marido de Emilie permanece em Uganda com sua família. “Farei o que puder para nos juntar novamente”, completou ela. Tomara, Emilie! Apenas uma questão de tempo. 🙏

Veja também:

Fonte: Viralistas
Fotos: Arquivo pessoal / Emilie Larter

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem que foi humilhada na internet é acolhida por empresária e ganha dia de beleza no Pará

No final de agosto, Izabelly Leão dos Santos, 20 anos, foi vítima de cyberbullying após participar de um concurso de beleza, ocorrido na Praia...

10 motivos porque Chris Pratt é o ator mais legal de Hollywood

Vamos falar de coisa boa? (Não, não é Top Therm), é sobre o ator Chris Pratt, ele já apareceu no Razões algumas vezes (relembre...

Projeto com jovens vem combatendo masculinidade tóxica e estereótipo de “machão”

Em exercícios que promovem uma verdadeira jornada de autoconhecimento, garotos aprendem a construir uma masculinidade saudável.

Em vez de usar cupons de desconto, influenciadora doa refeições a moradores de rua e crianças com câncer

A digital influencer Andréia Porto Costa e a 99Food, plataforma de entrega de comida, se uniram em uma ação de solidariedade e cidadania. Déia, como é conhecida nas redes sociais,...

Com pai desempregado, aluna dá sua mesada ao professor

Aluna de uma escola primária de Veracruz, no México, a pequena Mayte escreveu uma carta para o seu professor dizendo que o pai estava...

Instagram