Mulher distribui bonecos de crochê para crianças com câncer internadas em hospital de Curitiba (PR)

A técnica administrativa Gilcelene Smokowicz, 54, tem confeccionado e doado bonecos de crochê para crianças diagnosticadas com câncer desde meados da pandemia de Covid-19.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os amigurumis, como são conhecidos as pelúcias de crochê ou tricô que seguem uma  tradicional técnica japonesa, são feitos manualmente por Gilcelene.

Nos últimos meses, dezenas de bonecos foram doados para crianças internadas no Hospital Erastinho, especializado em oncopediatria de Curitiba (PR).

Ao “Tribuna PR”, a técnica administrativa disse que a “satisfação foi tanta” que ela se prepara para fazer mais. Para isso, também pediu doações de matéria-prima para continuar seu trabalho.

mulher distribui bonecos crochê crianças câncer hospital

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

No dia 30 de novembro (terça-feira), a partir das 17h, acontece o Razões Para Doar, uma super live para promover a cultura de doação em nosso país. Clique aqui para se inscrever e receber a notificação quando o evento começar!

 

“Tenho percebido a falta de algumas cores e uma subida de preço nas lojas de Curitiba. Quis compartilhar a minha ideia para incentivar mais gente a fazer doações para o hospital. Ano passado, fiquei afastada do trabalho por causa da pandemia e tive tempo de fazer mais amigurumi do que costumo fazer com algumas encomendas. Decidi doar no final do ano”, contou.

mulher distribui bonecos crochê crianças câncer hospital

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto social começou naturalmente e sem qualquer planejamento, segundo Gilcelene.

“Uma corrente do bem. Quem quiser doar alguns fios para mim, agradeço. Não consigo fazer muitos bonecos, mas são feitos com amor. Já para as pessoas que sabem fazer essa ou outra arte manual, tá aí o incentivo para levar um carinho até as crianças. Pegue os fios que tem em casa e comece”, incentivou.

mulher distribui bonecos crochê crianças câncer hospital

Desde pequena, a curitibana mostra habilidade na confecção dos bonecos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A técnica para fazer amigurumis é muito popular para bichos de pelúcia e bonecas, mas também é usada na produção de objetos como utensílios domésticos e comidas de características antropomórficas (humanas).

Gilcelene aprendeu a fazer os crochês observando a mãe. “A minha mãe fazia toalhinha, bordado, barra de toalha de mesa, de pano de prato. E você aprendendo crochê, você pode aprender a fazer outras coisas, que foi o meu caso com os amigurumi. Até hoje, com 84 anos, minha mãe ainda faz barrinha de pano de prato”, explicou a artista.

Ela conta que seu primeiro amigurumi foi uma girafa, que serve para prender cortinas – o último foi um sapo, cuidadosamente confeccionado para ter uma carinha simpática. “Terminei na terça-feira, dia 5 de outubro”, contou.

Mulher distribui bonecos de crochê para crianças com câncer internadas em hospital de Curitiba (PR) 1

Questionada sobre a felicidade que sente ao doar os bonecos para as crianças do Hospital Erastinho, Gilcelene ressalta que deseja doar mais. A experiência tem sido muito gratificante para ela.

“São crianças que passam as festas de fim de ano dentro de um hospital. A minha sensação de ver o resultado de um trabalho que as alegrou foi muito boa. Esse ano, se tudo der certo, vou de novo”, completou.

Mulher distribui bonecos de crochê para crianças com câncer internadas em hospital de Curitiba (PR) 2

Você doar fios e outros insumos para a curitibana entrando em contato com o portal “Tribuna do Paraná” pelo fone (41) 9683-9504 [WhatsApp] ou mandando um e-mail para [email protected]

 

Assista à live do Razões Para Doar nesta terça, 30/nov, a partir das 17h. Clique aqui para se inscrever no evento!

 

Fonte: Tribuna PR
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Moradores de rua ganham ceia de natal no Espírito Santo

Para 40 moradores de rua da Praça Regina Frigeri Furno, em Jardim da Penha, Vitória, o Natal chegou mais cedo - isso porque diversos...

Mulher considerada fora dos padrões arrasa no pole dance

Emma Haslam é uma linda mulher de 27 anos, que participou do reality show Britain's Got Talent, chegou ao palco muito tímida e falando...

Londres reserva 300 quartos de hotéis para sem-teto: coronavírus

Instituições de caridade e filantropia do Reino Unido reservaram mais de 300 quartos de hotéis em Londres para pessoas em situação de rua. O objetivo...

Sem-teto tem a vida transformada depois que ele ofereceu seu edredom para casal que passava frio

Vendo que os dois estavam passando bastante frio, o sem-teto ofereceu seu edredom e um casaco para aquecê-los.

Como a Finlândia revolucionou a educação e ainda tirou o país da pobreza

A jornalista Claudia Wallin foi até a Finlândia fazer uma matéria sobre o inovador sistema educacional, mas a verdade é que, embora a mudança...

Instagram

Mulher distribui bonecos de crochê para crianças com câncer internadas em hospital de Curitiba (PR) 3