Mulher é curada de HIV e leucemia ao mesmo tempo graças a tratamento inovador nos EUA

Pela primeira vez, uma mulher foi curada do HIV.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma mulher apelidada de ‘paciente de Nova York’ por cientistas do Centro Médico New York-Presbyterian Weill Cornell derrotou o vírus depois de receber um tratamento raro com células-tronco.

Ela é a quarta pessoa a ser curada do HIV – os três anteriores são todos homens – e especialistas descobriram dois casos de mulheres que de alguma forma venceram o vírus, só que naturalmente.

vírus do hiv

A mulher também era uma paciente com câncer e recebeu um tratamento destinado a combater as duas doenças ao mesmo tempo. Para realizá-lo, os médicos precisaram inicialmente encontrar um doador que tivesse uma mutação rara que os tornasse resistentes ao vírus, como é o caso da Paciente de Nova York.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Especialistas disseram à emissora NBC que as pessoas que têm essa mutação geralmente são do norte da Europa e, mesmo assim, apenas 1% dessa população a possui.

Os médicos então realizaram um “transplante de cordão haploidêntico” que usa sangue do cordão umbilical e medula óssea de um doador.

glóbulos brancos e vermelhos

O sangue do cordão umbilical ajuda a combater cânceres baseados no sangue – como a leucemia da qual a mulher sofria, enquanto a medula óssea fornece células-tronco ao corpo.

Como o sangue do cordão umbilical geralmente não é tão eficaz para adultos quanto para crianças, o transplante de células-tronco pode ajudar a aumentar sua eficácia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O papel das células adultas do doador é acelerar o processo de enxerto precoce e tornar o transplante mais fácil e seguro”, disse Koen van Besien, um dos principais médicos que avaliaram a paciente de Nova York.

vírus do hiv

Como esse tratamento com células-tronco muitas vezes pode resultar em morte para o paciente, os especialistas não o usarão em uma pessoa de saúde estável que pode controlar seu HIV através de métodos normais, como o coquetel de medicamentos disponibilizado gratuitamente pelo SUS.

Em vez disso, eles concentram esse tratamento em pessoas nos estágios finais de um diagnóstico de câncer que correm o risco de falecer, a menos que uma grande intervenção médica seja feita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os pesquisadores dizem que há até 50 pacientes que podem receber o procedimento todos os anos. A mulher em questão foi diagnosticada com HIV em 2013 e leucemia em 2017, tornando-a uma potencial candidata para o procedimento.

vírus do hiv

Ela recebeu o tratamento há quatro anos, e desde que seu câncer entrou em remissão, ela também interrompeu seu tratamento para o HIV no inverno passado.

Seu corpo reagiu bem ao tratamento, relatam os médicos, e ela rapidamente viu resultados positivos.

Apesar de abandonar o tratamento do HIV há mais de um ano, o vírus não ressurgiu nela. Varreduras repetidas feitas pelo hospital em seu organismo não mostraram células de HIV com potencial de replicação, o que é uma excelente notícia.

vírus do HIV em laboratório

Para comprovar a cura, os médicos também extraíram células de seu corpo e tentaram infectá-las em um laboratório, mas falharam.

Se mais alguns anos se passarem e os médicos ainda não encontrarem nenhum vírus do HIV ativo em seu corpo e não infectarem suas células, eles enfim poderão declará-la, oficialmente, ‘curada’ do vírus.

“Estou animada que tenha dado tão certo para ela”, disse a Dra. Yvonne Bryson à emissora NBC.

A doutora acrescentou que o caso da paciente de Nova York acrescenta “mais esperança e mais opções para o futuro” do tratamento do HIV.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Fonte: O Globo
Fotos: Reprodução / Daily Mail TV

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,539SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

E se fosse no Brasil? Fotógrafa permite a clientes pagar ensaios com o valor que elas podem

O segundo episódio da websérie E se fosse no Brasil? já está no ar! Se você chegou agora, junto à Stone, viajamos o Brasil em...

Fotógrafa faz ensaio de sua cachorrinha grávida e nós estamos encantados

Uma das raças de cachorro mais icônicas do mundo - o dachshund, mais conhecida pelos brasileiros como salsicha, acaba de ganhar mais alguns minutos...

“Era a vida dele ou as contas”, diz pai que perdeu a casa em troca da vida do filho

Luiz Antônio Azevedo, 65 anos, é pai do Danilo, e mostrou ao mundo que para ele não existe nada mais importante do que a...

Engenheiro mineiro de 29 anos conquista prêmio de melhor tese de doutorado do mundo

Um estudante da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) se tornou reconhecido mundialmente após ser premiado como autor da melhor tese de doutorado do...

Instagram

Mulher é curada de HIV e leucemia ao mesmo tempo graças a tratamento inovador nos EUA 3