Mulher dá a resposta perfeita a comentário homofóbico de vizinha

A norte-americana Lexi Magnusson não deixou um comentário homofóbico de uma vizinha passar sem a merecida resposta. Nada de bater boca com a vizinha, ela fez melhor: colocou 10 mil lâmpadas de natal ao redor da sua casa formando um arco-íris.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os novos vizinhos de Lexi achavam que ela tinha a mesma posição que sua igreja a respeito da comunidade LGBT – opiniões preconceituosas e que incitam crimes de ódio contra essa população. E, por isso, comentou como estava chocada pelo fato de seu filho ter sido rejeitado por uma menina para ir ao baile de formatura que ela iria com sua namorada.

E a vizinha não parava de falar besteiras: ela explicou seu horror com a presença de uma criança trans na escola – pasmem! – durante um seminário promovido pela escola para saber a realidade trans. Lexi manteve-se calma e usou a sua criatividade para dar a resposta que estava entalada na sua garganta. “Nossos novos vizinhos são preconceituosos. Como agressões normais são crimes, eu escolhi a agressão passiva. 10 mil luzes depois…”.

luzesgbt1

Em uma entrevista, Lexi explicou as raízes do ódio da vizinha. “Eu foi uma mórmon fiel um dia. Sei da onde ela vem. Sei que é difícil fazer mudar sua opinião. Mas eu precisava mostrar minha solidariedade [à comunidade LGBT]. Já fiz isso muito no Facebook, mas na vida real é mais difícil. Talvez não seja o jeito mais contundente, mas pra mim foi importante”, ela disse, enquanto preparava novas luzes para terminar de cobrir sua casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações do Hypeness / Foto: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça a primeira diretora transexual de escola pública em SP

Paula Souza é a primeira transexual à frente de uma escola publica de São Paulo, mas não quer ser a única, pelo contrário.

Após filho superar câncer, pais criam corrida de conscientização em Gramado (RS)

A ‘Corrida Pela Vida de Gramado’ é um evento de conscientização sobre o câncer infantojuvenil na cidade da Serra Gaúcha.

Casal centenário conta os segredos de 81 anos de união

Em uma época que muitos acham mais fácil trocar um relacionamento do que cultivá-lo, esta história vem para mostar que o amor existe e...

Conheça os adesivos que ajudam a dividir seus objetos com vizinhos

Ahhh, pessoas se unindo pelo consumo sustentável! 😀 Após anos de revolução industrial, consumo desenfreado, bombardeamentos diretos e incessantes de marketing para consumo, o planeta...

Jovem cadeirante de 19 anos é aprovada em medicina na UFJF: ‘Muitos diziam pra eu desistir’

"Muitos me diziam para eu desistir de fazer medicina Mas o meu maior sonho é me formar e me tornar uma grande médica,...

Instagram