Mulher de 84 anos se dedica inteiramente a leitura e lê um livro por semana

Tereza Balbina Teixeira, de Arcos, Minas Gerais, tem 84 anos e é aposentada. Ela possui um hábito que muitas pessoas deveriam incluir em sua rotina: a leitura. Ela aprendeu a ler e escrever sem frequentar a escola e como não gosta de rádio ou de televisão, dedica boa parte de seu tempo a esse hobby. Dona Tereza lê no mínimo um livro por semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Comecei a ler tem uns cinco anos. A leitura foi abrindo a minha mente, porque eu era uma pessoa muito ignorante, muito explosiva. Qualquer coisa eu queria levar tudo ‘no peito’. Depois que eu aprendi a ler, eu fui pondo tudo na cabeça e graças a Deus eu consegui me libertar. Agora nada me apavora, nada me amedronta, não tenho medo de nada, até as preocupações acabaram um pouco”, comenta.

Sua neta, Paula Teixeira contou que sua família pega livros emprestados com diversas pessoas e leva para a aposentada.

“A gente traz cinco ou seis livros de uma vez e em duas ou três semanas ela lê todos”, comenta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A aposentada gosta de vários gêneros de livros, mas não esconde a sua predileção pela área de psicologia.  Ela também gosta muito da Zíbia Gasparetto e de livros como “A Cabana”.

História de força

Dona Teresa aprendeu a ler a escrever sem frequentar a escola. Ela foi  criada na roça e aos 15 anos perdeu a mãe, o que a fez usar todo o seu tempo para cuidar dos irmãos. Estudou por quatro meses em casa, tendo aulas com um professor chamado “Anibra”, contratado pelo pai dela.

Casou-se aos 22 anos e continuou morando na roça por mais 13 anos. Depois disso, a família veio morar na cidade. Foi nessa fase que ela sofreu muito com a perda dos filhos. Um neto e o marido também faleceram. Dona Tereza é uma mulher de fé, e diz que Deus deu a ela muita força para passar por esses momentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O meu maior desejo é que minha história sirva de inspiração e exemplo para pessoas que sofrem pela perda de um filho ou algum problema de saúde. Deus sempre vai amparar os filhos Dele e dar força para a gente vencer qualquer situação”, afirma.

Via

Fotos: Jornal CCO 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,272,461SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Comentário em tom de brincadeira acaba em casamento entre mineira e gaúcho

Era pra ser só uma brincadeira, mas virou casamento.

Homem de 66 anos canta para sua esposa no hospital

Um homem de 66 anos, internado no hospital, canta para expressar seu amor à sua esposa e eterna companheira. A música com certeza deve...

SKOL chama as minas em busca da igualdade de gênero na música brasileira

O manifesto #ChamaAsMinas convoca as mulheres para um movimento que busca pela igualdade de gênero no universo muscial.

Ônibus de SP terão adesivos para mulheres descerem fora do ponto

A SPTrans determinou o uso de adesivos indicando que mulheres e idosos podem escolher o local mais seguro para descer à noite.

Couro feito com resíduos do vinho é amigo do meio ambiente e poupa os animais

Segundo dados do IBGE, em apenas três meses, 7 milhões de bois destinados ao consumo são abatidos no Brasil. Para poupar uma parte da...

Instagram