Faxineira investe auxílio emergencial na venda de frangos em Itabaianinha (SE)

Arretada toda vida, Luana de Jesus usou o auxílio emergencial – três parcelas de R$ 1.200,00 – para iniciar um negócio para ela. É o Frigorífico Conveniência, em Itabaianinha (SE).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas ainda faltam muitas coisas para o seu frigorífico como maquinário e ferramentas, por isso lançamos sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

Luana é formada em administração, nasceu para ser empreendedora, diz ela. Quando veio o auxílio emergencial, ela pensou: “é agora!”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Ela pegou uma parte para se manter e a outra investiu no frigorífico: vende frangos abatidos de domingo a domingo, das 7h às 12h.

Luana comprou uma mesa de inox e os frangos

A administradora abriu o negócio no dia 7 de julho e foi logo criando uma promoção para começar com o pé direito: quem pedisse o frango pelo disk entrega concorria a um liquidificador.

Com o dinheiro do auxílio ela alugou um espaço na cidade, que inicialmente, era R$ 200,00, mas como pagou antecipado, ganhou um desconto.

frango-auxilio-emergencial-faxineira
Foto: Reprodução Instagram @frigorifico_conveniencia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Também comprei uma mesa de inox, que custou cerca de R$ 1 mil, pois a Vigilância Sanitária não permite a venda de frangos em mesas de madeira, além de uma balança. Essa semana, ganhei R$ 30,00 e comprei uma calculadora por R$ 26”, contou.

Mas ainda faltam muitas coisas para o seu frigorífico como maquinário e ferramentas, por isso lançamos sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

Frango para blogueiros divulgarem o frigorífico

“Propaganda é a alma do negócio”, dizem. Pois bem, Luana contratou um carro de som para divulgar que vendia frangos, mas não durou muito tempo. O que ela fez então?

Tacou “permuta” nos blogueiros da cidade! Um frango em troca de divulgação. Tá rolando!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mulher olhanda para fachada de um estabelecimento
Foto: Reprodução Instagram @frigorifico_conveniencia

A galera teve uma atitude bem diferente do jornalista que humilhou o dono de uma esfiharia – pior pro jornalista. hihi

Seu sonho é futuramente empregar pessoas

Luana está economizando uma grana para comprar um freezer e outros equipamentos para abater os frangos.

Sonhadora, mas mais batalhadora do que sonhadora, ela quer ver o negócio crescer para empregar pessoas que como ela buscam uma oportunidade.

“Tem muita gente aqui que precisa de ajuda. E eu vou ajudar”, garante.

Mas ainda faltam muitas coisas para o seu frigorífico como maquinário e ferramentas, por isso lançamos sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

mulher em frente frigorífico
Foto: Reprodução Instagram @frigorifico_conveniencia

De faxineira a empreendedora

Luana bota muita fé que alguma coisa, que ela não sabe dizer o que é, a empurrava para ser empreendedora. Ela já foi empregada doméstica, mas aquilo não era para ela, apesar de respeitar bastante a profissão.

Ela morou em Aracaju por três meses, e nesse tempo bateu na porta de várias empresas, mas só recebeu “nãos”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por frigorífico conveniência (@frigorifico_conveniencia) em

“Tentei ser cobradora de ônibus, mas não me quiseram. Aí eu me perguntei: o que estou fazendo em Aracaju gastando dinheiro com aluguel, se tenho minha casa em Itabaianinha? Vou ser empreendedora em minha cidade”, contou.

Botou os filhos debaixo do braço e voltou para casa!

Pagou faculdade com Bolsa Família

Luana foi criada por uma das avós, não conheceu a mãe, que morreu quando ela tinha 11 meses, nem o pai, assassinado quando tinha 12 anos.

Sempre foi aluna de escola pública, ao mesmo tempo que trabalhava como empregada doméstica.

mulher sentada em mesa da universidade
Foto: Arquivo Pessoal

Para cursar Administração, Luana pagou uma parte da faculdade com o Bolsa Família e o pai dos seus três filhos a ajudava complementando o valor.

Luanda acabou se separando e teve que buscar ajuda para pagar as mensalidades.

Para conseguir o estágio na prefeitura, vendeu rifa de perfume e trabalhou em alguns frigoríficos – foi quando resolveu juntar o desejo de ser empreendedora com a experiência no ramo para abrir o próprio frigorífico, antes mesmo da crise estourar.

Não foi fácil no começo – nunca é! –, mas Luana é ‘braba’, acreditou no seu sonho!

via GIPHY

Maravilhosa, apresentou seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) com uma “calça bem barata”, um par de sapatos emprestado e um blazer também emprestado por um professor da faculdade.

Luana se formou em 2017, mas ainda não pegou o diploma porque tem um débito com a faculdade de R$ 7 mil. Ela tinha um dinheiro guardado, mas preferiu investir no frigorífico. Afinal, o que Luana aprendeu na faculdade ninguém tira dela: o diploma pode esperar!

Clique aqui e contribua para que a Luana tenha o seu frigorífico!

Fonte: Só Sergipe

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,849,393SeguidoresSeguir
24,910SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Ajudantes do Papai Noel” adotam cartinhas e realizam desejos de natal de crianças de comunidades do RJ

O projeto Ajudantes do Papai Noel reuniu neste ano as cartinhas com os desejos de natal de crianças da comunidade Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, no...

Jovem cria websérie para conscientizar homens trans sobre o câncer de mama

O estudante afirmou que o vídeo é a “sua própria representatividade”, uma vez que nenhuma campanha sobre câncer de mama contempla as pessoas trans.

Máquinas trocam material reciclável por dinheiro em SP, RJ, MT e AM

Já pensou se a gente pudesse trocar material reciclável por dinheiro? Pois agora é possível! A iniciativa é da Triciclo em parceria com o...

Mamãe lontra pondo o filhote para ninar é a coisa mais fofa que você vai ver hoje [vídeo]

As mamães lontras cuidam dos seus filhotes até os seis meses de vida. Nesse período, os filhotes aprendem a nadar e a se alimentar....

Instagram

Faxineira investe auxílio emergencial na venda de frangos em Itabaianinha (SE) 3