Mulher gasta R$ 180 mil para levar cachorro idoso para outro continente: “É caro, mas você deixaria seu filho?”

É caro, mas você deixaria seu filho para trás se mudasse de país?“. É assim que Maggie tenta se justificar sobre sua decisão de gastar R$ 180 mil para levar seu cachorro com ela para outro continente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Karta é um golden retriever de 15 anos e 9 meses – um cão bastante idoso que já viveu mais do que a expectativa de vida de sua raça, que é de 12 anos.

Ele é o grande companheiro e amor de Maggie, que cuida do animal desde que ele era um filhote.

mulher gasta milhares reais levar cão idoso outro continente

“O fígado e os rins dele já dão sinais de declínio. Ele tem cataratas nos olhos. As patas têm problemas também”, disse a tutora em entrevista à BBC.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Maggie vive em Hong Kong, mas está se mudando para a Irlanda – e vai levar o cachorro. Eles vão se reunir com o marido dela que já vive em Dublin (capital irlandesa) há um ano.

mulher gasta milhares reais levar cão idoso outro continente

“Decidimos mudar de país, mas deixar Karta com parentes ou amigos nunca foi uma opção”, disse a honconguesa.

Considerando o estado de saúde e a idade de Karta, Maggie decidiu ficar ao lado dele durante toda a viagem… E a única forma de fazer isso é contratando um voo privado.

mulher gasta milhares reais levar cão idoso outro continente

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Vamos num voo direto para o Reino Unido primeiro, depois embarcamos em outro avião privado para a Irlanda. Ele vai ficar ao meu lado durante toda a viagem. Isso deve fazer com que fique menos tenso e eu, menos preocupada”.

Karta não consegue dormir sem a presença da tutora e não gosta de ficar longos períodos no escuro.

Estatísticas mostram que o número de pessoas que deixaram Hong Kong é o mais alto em uma década. Só no ano passado, mais de 7 mil pets saíram da ilha com seus tutores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mudar de país com os bichinhos é caro e exige muito planejamento: alguns deixam os animais mais velhos para trás, em canis.

Mas Maggie não: ela gastou suas economias para pagar a viagem, que custou 35 mil dólares (equivalente a R$ 180 mil).

“As pessoas dizem: ‘é bobagem gastar tanto dinheiro, que desperdício, deixe ele aqui’. Mas isso (a viagem) vai permitir ter Karta lá comigo e manter minha família unida. Dinheiro a gente ganha de novo. Ele vale esse esforço“, disse Maggie. 😭

E ela faz um apelo, segurando as lágrimas: “Quem está emigrando, peço que não abandone seu pet. Se for possível, leve com você“.

Maggie e Karta decolaram juntos numa noite de maio desse ano: dois voos e 16 horas depois, eles chegaram bem à capital da Irlanda.

“Foi hilário quando ele saiu do avião e viu o papai. Ele agiu como se estivesse com muita raiva, virou a cabeça ignorando… Mas agora ele já ama o papai de novo”, brincou Maggie.

Família reunida de novo! Agora, a 9.842 km de sua antiga casa – Hong Kong.

Assista ao vídeo:

Assista também:

Fonte: Digoreste Notícias
Fotos: Reprodução / Twitter: @bbcbrasil

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino se recupera de paralisia cerebral através de terapia com cordão umbilical

Depois de passar por repouso absoluto e complicações na gestação, a mãe do pequeno Tomas Larriva presenciou um verdadeiro milagre da ciência. Após alguns...

Desconhecidos dão vida nova a idoso que recebeu arroz com ração de cachorro para comer

A história de seu José Adan começou triste, mas terminou muito feliz. Ele é um senhor idoso que vive em situação de rua e...

Cocriador da Netflix cria fundo para educação de crianças e adolescentes

Cocriador e CEO do serviço de streaming Netflix, Reed Hasting anunciou na terca-feira (12), em sua página no Facebook, que está criando um fundo...

Freiras se passam por prostitutas para resgatar vítimas do tráfico dos bordéis

Um exército de freiras quer resgatar vítimas do tráfico de pessoas passando-se por prostitutas para se infiltrar em bordéis e comprando crianças sendo vendidas como escravas. John...

Neymar realiza sonho de garotinha que possui uma doença rara

Ana Clara, de 8 anos, possui uma doença rara, a Progeria, também conhecida como síndrome de Hutchinson-Gilford. A doença se caracteriza pelo envelhecimento rápido...

Instagram