Mulher grávida resgata gata na mesma condição e elas dão à luz juntas: ‘Amor de mãe’

A ativista norte-americana Lauren Maners sempre gostou de criar animais, mas ao descobrir que estava grávida de sua primeira filha, Kylie, ela decidiu fazer uma pausa no trabalho voluntário por um tempo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu tenho uma longa história de criação e reabilitação de animais, mas quando cheguei ao final da minha gravidez, decidi que era hora de fazer uma pausa de tudo isso, já que os animais que eu geralmente criava/reabilitava eram geralmente muito doentes e precisavam de muito cuidado, para o qual eu não teria tempo quando o bebê nascesse”, disse Lauren ao portal The Dodo.

A jovem se manteve firme em sua decisão – até conhecer a gata Dove.

Mulher grávida resgata gata na mesma condição e elas dão à luz juntas: 'Amor de mãe'

Na mesma manhã em que Lauren tomou sua decisão de “não adotar por enquanto”, ela e seu marido estavam voltando para casa quando avistaram uma gata ferida em um estacionamento vazio à beira da estrada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela imediatamente fez o esposo parar para verificar se a gata estava bem, e foi então que ela percebeu que, além de ter se machucado, a felina também estava grávida.

“Eu sabia que ela estava em péssimo estado e também senti uma espécie de conexão com ela por estarmos ambos grávidas”, disse Lauren. “Eu consegui pegá-la atraindo-a para mim com nossas sobras de comida. Levamos ela ao veterinário logo em seguida”.

Após uma série de exames no veterinário, o casal levou a gata, mais tarde chamada de Dove, para casa e a acomodou em um quartinho especial.

Eles procuraram informações à respeito da gatinha, se ela tinha uma família ou se vivia em situação de rua. Logo descobriram através da vizinhança que Dove viveu sem uma família a maior parte de sua vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lauren decidiu então quebrar sua própria regra e criar sua companheira grávida e seus futuros gatinhos, e eventualmente ajudá-los a encontrar lares adotivos quando crescessem.

Não demorou muito para Dove se sentir confortável em sua nova casa, e estava claro que era aqui que ela deveria ter seus bebês.

As duas mamães grávidas formaram um genuíno laço de amizade e adoraram passar um tempo juntas enquanto enfrentavam suas últimas – e desafiadoras – semanas de gravidez.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela me seguia em todos os lugares que eu ia e adorava sentar-se do lado de fora comigo todas as manhãs em nossa área cercada e me deixar esfregar sua barriga enquanto tomávamos o café da manhã juntas”, relembra Lauren.

Semanas depois do acolhimento, Lauren deu à luz sua primeira filha, Kylie: um parto absolutamente normal e dentro do esperado. Quando ela voltou para casa, descobriu que Dove havia dado à luz seus bebês também!

“Eles provavelmente nasceram na mesma época que minha Kylie”, afirmou.

Dove teve 6 gatinhos saudáveis ​​e Lauren apenas se sentiu grata por ter dado à luz quase ao mesmo tempo que a felina. À medida que os filhotes cresciam, Kylie também crescia, e os bebês das duas mães podiam brincar juntos enquanto desbravavam o mundo.

“Quando minha filha tinha 5 semanas de idade, ela começou a notar os gatinhos quando eu a carregava lá com eles para me ajudar a alimentá-los e dar-lhes um pouco de atenção”, disse a mamãe coruja. “Os gatinhos também estavam muito curiosos sobre minha filha.”

Depois de meses cuidando da pequena e doce família, a ativista e sua família encontraram sete lares adotivos para cada um dos bichanos.

Apesar de tristes por não terem sido capazes de manter nenhum deles em casa (devido à maternidade e a falta de tempo livre), o casal mantém contato com todos, uma vez que eles moram nas redondezas.

“Felizmente, a mamãe gata foi morar com uma amiga minha, então ainda posso me atualizar sobre ela, e vários bebês foram para pessoas que eu também conheço, então pude até visitá-los”, disse Lauren.

Que experiência extraordinária!!! ❤️

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

Fonte: ANDA
Fotos: Lauren Maners / Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe que adiou tratamento de câncer para esperar filha nascer recebe alta: “Agora, posso me dedicar em ser mãe”

Ellie Whittaker tinha apenas 16 semanas de gestação quando descobriu que tinha câncer. O diagnóstico mostrou um Linfoma de Hodgkin, uma forma de câncer que...

O homem que fez um colete para salvar a vida de seu peixe

Essa é uma daquelas histórias adoráveis para recuperar sua fé na humanidade. Leighton Naylor tem um peixe de estimação chamado Einstein. Ele fez um...

Instituto plano de menina expande atuação na pandemia com capacitação e geração de emprego para garotas de periferia

O primeiro Dia Internacional da Menina foi celebrado em 11 de outubro de 2012. A celebração marca os progressos realizados na promoção dos direitos...

Mãe cria plaquinha da vergonha para marido, filhos e cadelinha

Bom humor é o melhor remédio, sempre!

Instagram