Mulher impediu 14 pessoas de cometerem suicídio com bilhetes de ajuda

Alguém que decide abrir mão da própria vida necessita de ajuda. Devemos nos antecipar ao pedido de socorro, pois é muito comum a pessoa não querer expor sua fragilidade. Bilhetes com frases de esperança ou que melhoram sua autoestima podem ser uma boa forma de ajudar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É nisso em que acredita a inglesa Lisa Barnes, ao criar a campanha Bridge the Gap, que espalha bilhetes feitos à mão em pontes de Manchester, onde vive. A cidade tem um número grande de pessoas que tentam o suicídio nesses lugares.  As informações são do Hypeness.

mulher impediu suicídio 14 pessoas bilhetes ajuda
Lisa, de cabelo rosa, com sua família

O que Lisa faz é relativamente simples, mas poderoso: ela mesma cria as frases, plastifica os bilhetes e espalha em locais específicos das pontes.

“É ok pedir ajuda”, “Você é incrível, corajoso e forte” e “O que você está pensando? Vamos conversar” são algumas das mensagens desenvolvidas por Lisa, que já ajudou 14 pessoas a desistirem de cometer suicídio através da sua ação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mulher impediu suicídio 14 pessoas bilhetes ajuda

mulher impediu suicídio 14 pessoas bilhetes ajuda

A campanha começou depois que ela própria foi convencida a não tirar a própria vida em 2017. Desde então, ela quer inspirar outras pessoas a escolherem o caminho que escolheu. Ela já deixou mensagens em 22 pontes de Manchester.

“Elas são mensagens escritas à mão, são pessoais, não é apenas uma placa que alguém doou. Quando eu escrevo os bilhetes, eu realmente acredito no que estou escrevendo e espero que as pessoas possam enxergar isso”, explica ela.

mulher impediu suicídio 14 pessoas bilhetes ajuda

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mulher impediu suicídio 14 pessoas bilhetes ajuda

É uma iniciativa que pode ser replicada por aqui, não é mesmo? De qualquer forma, contamos com o Centro de Valorização da Visa (CVV), que oferece o apoio emocional dos bilhetes de Lisa e prevenção do suicídio de forma gratuita e sigilosa, 24 horas por dia, por e-mail, telefone e chat. O telefone é 188.

crédito das fotos: Reprodução/Facebook Bridge the Gap

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,241,492SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulheres explicam o câncer de ovário e lutam pela prevenção precoce da doença

Sabia que o câncer de ovário atinge 250 mil mulheres no mundo anualmente? No Brasil, a previsão é de que mais 6 mil casos...

Projeto fotográfico mostra como não existem barreiras para o amor ao exibir casais homoafetivos juntos há anos

Após a lei DOMA (Lei de defesa do Casamento), que restringia a definição de casamento somente à união entre um homem e uma mulher...

Biblioteca comunitária leva lazer e cultura para moradores de Paraisópolis há 10 anos

A biblioteca é fortemente reconhecida na comunidade, pois ela serve de refúgio para suas crianças e jovens.

Monitore sua saúde com um app que ajuda a controlar a propagação de doenças

Manter a salubridade em grandes eventos como as Paralimpíadas Rio 2016, que reúne pessoas de mais de 200 países, pode ser um desafio. Com...

Homem com a cara suja dá lição para mãe que ensina à filha a julgar as pessoas pela aparência

O ex-médico Andy Ross ouviu uma mãe dizer para a filha enquanto apontava o dedo para ele: “É por isso que você precisa permanecer na escola.”

Instagram