Mulher mantém luzes de Natal em homenagem ao pai, recebe carta de ódio e vizinhos têm a melhor reação

A família da Sara Pascucci sofreu duas grandes perdas no último mês: pai e tia faleceram em decorrência da Covid-19. Como a decoração de Natal de sua casa foi feita pelo pai, a jovem resolveu não tirá-la, mesmo estando ‘fora da época’. A atitude desagradou alguém, que enviou à Sara uma carta cheia de ódio ☹️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas foi exatamente daí que surgiu a boa notícia: quando a mulher pensou que estava sozinha com sua dor, seus vizinhos reagiram de uma forma linda: também reacenderam as luzes e voltaram com a decoração natalina de suas casas, além de oferecer à Sara uma carreata de Natal.

casa com decoração de Natal
Sara deixou as luzes de Natal de sua casa acesas como forma de homenagear o pai. Foto: CBS

Seu pai era apaixonado pelo Natal

Sara conta que a menor preocupação de todas, naquele momento, era desfazer a decoração de Natal. Além disso, havia um segundo motivo, até mais importante: as luzes foram colocadas por Anthony Pascucci, de 61 anos, que adorava o Natal e decorou a casa inteira para a filha.

Ela lembra que os sintomas dele surgiram no dia 24 de dezembro e, por complicações respiratórias, ele precisou ficar internando, falecendo no dia 15 de janeiro. Uma semana antes, a tia dela, Connie Pascucci, de 70 anos, também havia morrido da doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alguns dias depois, a jovem, que vive em Bethpage, Nova Iorque (EUA), foi surpreendida com uma carta hostil. Ela disse que não tinha o endereço do remetente, apenas a data em que foi postada, 30 de janeiro.

carta enviada a Sara
‘Tire suas luzes de Natal! É Dia dos Namorados!!!!’, dizia a carta enviada à Sara e sua família. Foto: Facebook

Solidariedade dos vizinhos

Mas Sara enganou-se quando pensou que iria encarar este momento sozinha. Quando os vizinhos souberam da correspondência, as casas do bairro começaram a ganhar de volta as luzes de Natal. Depois de alguns dias, todo o bairro estava em clima de final do ano, “apenas” para mostrar para Sara e sua família que todos entendiam sua dor.

luzes de natal na vizinhança
Uma das casas que recebeu a decoração de volta. Foto: Sara Pascucci

luzes de natal na vizinhança
Foto: Karen McGuggart

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além das luzes, os vizinhos também passaram a enviar cartas de solidariedade, com frases de afeto e alguns presentes. E ainda não acabou! No último domingo, dia 14 de fevereiro, Sara foi surpreendida com uma carreata que aconteceu por todo o bairro. Teve até Papai Noel, gente! Dá uma olhada nas fotos que a jovem publicou em seu Facebook:

Publicado por Sara Pascucci em Segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

 

No final das contas, lamentamos o que aconteceu com a jovem, mas também vibramos por conseguir ver que ainda há muita gente boa por aí ❤

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Daily Mail

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,246,606SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Feijoada open bar doa lucro para creche no Distrito Federal

O lucro da “Feijoada Sorriso Aberto” será doado para uma creche que atende 174 crianças em vulnerabilidade social.

Bolsas brasileiras feitas por haitianas desfilam em Nova York

As bolsas da grife Volta Atelier desfilaram na Semana de Moda de Nova York.

Garoto visita abrigo e adota o cachorro mais velho de todos

Nós sempre incentivamos a adoção de animais, pois achamos importante que esses seres indefesos sejam amados, respeitados e cuidados. Mas conforme eles vão ficando...

Executivo negro sofre racismo em aeroporto e tem a melhor reação possível

Esse é o tipo de notícia da qual a gente fica triste em dar. Não consigo entender como em 2017 ainda existam pessoas racistas,...

Para sustentar filha, viúvo aprende sozinho a fazer tábuas personalizadas

O Tiago ficou viúvo há quatro meses quando a sua esposa não resistiu a um câncer. Sozinho, tenta seguir em frente com a sua bebê de um ano e oito meses.

Instagram