Mulher humilhada arrecada mais de US$ 100 mil para pagar taxis a quem sofre discriminação nos EUA

Tudo começou quando Maddy Park assistiu a uma reportagem chocante sobre a crescente onda de xenofobia contra americanos descendentes de asiáticos na cidade de Nova York.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela mesma já sofreu na pele as ofensas e foi aí que decidiu fazer algo: arrecadou mais de US$ 100 mil (cerca de R$ 560 mil) para pagar corridas de taxi de americanos asiáticos.

O projeto @CafeMaddyCab começou no Instagram com uma doação de US$ 2 mil de seu próprio bolso, mas foi ganhando voz e hoje contempla centenas de pessoas.

Se o objetivo inicial era ajudar os asiáticos de sua cidade, hoje a iniciativa está pagando as viagens de táxi de idosos, asiáticos, mulheres e pessoas da comunidade LGBTI+, os grupos que mais costumam sofrer discriminação nos transportes públicos.

publicação chamando os asiáticos a entrarem em contato com ela
“Você é asiático? Me avise se precisar de uma carona em Nova York”. Esta foi a primeira publicação do projeto no Instagram. Nesta época, o @CafeMaddyCab tinha sido criado apenas para os asiáticos de Nova York. Foto: Instagram / @CafeMaddyCab

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O clique veio quando Park fez uma viagem de trem por NY. “Na semana passada, peguei o trem na cidade de Nova York. Era uma viagem de 30 minutos e percebi que a cada minuto dessa viagem eu estava apavorada”.

“Eu estava com medo de que a qualquer momento alguém pudesse dizer uma calúnia racial ou me atacar. Pior de tudo, pensei que, se algo acontecesse comigo, ninguém se levantaria”, disse.

Isso a fez refletir, afinal, enquanto ela podia se dar ao luxo de pegar um táxi, muitas pessoas não estavam na mesma situação, principalmente os cidadãos americanos asiáticos idosos e mulheres, que não tinham renda disponível para fazer o mesmo.

De acordo com a Stop AAPI Hate, uma organização sem fins lucrativos que rastreia incidentes de ódio, houve mais de 3.795 deles – incluindo assédio verbal e agressão física – contra americanos asiáticos nos Estados Unidos de 19 de março de 2020 a 28 de fevereiro de 2021.

O início

Ao criar a conta no Instagram, Park deixou um recado na bio: “Eu tenho US$ 2.000, se você precisar de uma carona, é só me cobrar no Venmo”. Pouco utilizado no Brasil, Venmo é uma plataforma de compartilhamento de pagamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que ela não esperava é que sua iniciativa fizesse um sucesso estrondoso na rede social. Graças aos poderes da internet, as doações começaram a chover e ela arrecadou mais de US$ 100 mil em apenas 48 horas!

“As pessoas que estão doando são de todo o país, de todas as raças, etnias e eles apenas me enviaram mensagens dizendo: ‘ouçam, nós realmente queremos que vocês fiquem seguros também e estamos doando para que mais pessoas possam passear em a cidade'”, disse Park em entrevista à ABC.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by cafe maddy cab (@cafemaddycab)

Seu projeto foi tão bem sucedido, que ela precisou interromper as doações após atingir o limite semanal de pagamentos devido aos regulamentos do Venmo. É bom saber que enquanto existe quem apoia a xenofobia, outras milhares de pessoas apoiam a diversidade!

“Obrigado por sua solidariedade, generosidade, suas palavras gentis e apoio à comunidade. O objetivo disso é permitir que você tome a decisão de estar seguro em um lugar ou situação arriscada, porque uma viagem custa muito caro. Portanto, mantenha esta postagem em mente para sua segurança”, disse comemorando o sucesso de sua iniciativa.


Quer ver mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,518,910SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Série de fotos íntimas de casais prova que não existe gênero para o amor

Como a fotógrafa explicou ao A Plus, estas fotografias íntimas de casais millenials revelam as semelhanças entre diferentes tipos de relacionamentos, heterossexual, homossexual e tudo mais. Amor é amor.

Cirurgião opera obstetra que lhe trouxe à vida há 45 anos

Uma obstetra de Sacramento está recebendo um obrigado tardio de um bebê, que ele fez seu parto há 45 anos atrás. Robert Kincade realizou, no...

Pague suas multas de estacionamento doando comida para necessitados

Lexington, uma cidade de Kentucky, nos EUA, pode ter descoberto o impossível: fazer alguém se sentir bem ao levar multas de estacionamento. Durante cinco semanas...

Conheça o primeiro copo de café plantável do mundo

Uma empresa da Califórnia encontrou uma maneira verde para lidar com resíduos do hábito de tomar café da América. Reduzir. Reutilizar. Crescer. Isso mesmo, eles lançaram o...

Instagram