Mulher humilhada arrecada mais de US$ 100 mil para pagar taxis a quem sofre discriminação nos EUA

Tudo começou quando Maddy Park assistiu a uma reportagem chocante sobre a crescente onda de xenofobia contra americanos descendentes de asiáticos na cidade de Nova York.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela mesma já sofreu na pele as ofensas e foi aí que decidiu fazer algo: arrecadou mais de US$ 100 mil (cerca de R$ 560 mil) para pagar corridas de taxi de americanos asiáticos.

O projeto @CafeMaddyCab começou no Instagram com uma doação de US$ 2 mil de seu próprio bolso, mas foi ganhando voz e hoje contempla centenas de pessoas.

Se o objetivo inicial era ajudar os asiáticos de sua cidade, hoje a iniciativa está pagando as viagens de táxi de idosos, asiáticos, mulheres e pessoas da comunidade LGBTI+, os grupos que mais costumam sofrer discriminação nos transportes públicos.

publicação chamando os asiáticos a entrarem em contato com ela
“Você é asiático? Me avise se precisar de uma carona em Nova York”. Esta foi a primeira publicação do projeto no Instagram. Nesta época, o @CafeMaddyCab tinha sido criado apenas para os asiáticos de Nova York. Foto: Instagram / @CafeMaddyCab

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O clique veio quando Park fez uma viagem de trem por NY. “Na semana passada, peguei o trem na cidade de Nova York. Era uma viagem de 30 minutos e percebi que a cada minuto dessa viagem eu estava apavorada”.

“Eu estava com medo de que a qualquer momento alguém pudesse dizer uma calúnia racial ou me atacar. Pior de tudo, pensei que, se algo acontecesse comigo, ninguém se levantaria”, disse.

Isso a fez refletir, afinal, enquanto ela podia se dar ao luxo de pegar um táxi, muitas pessoas não estavam na mesma situação, principalmente os cidadãos americanos asiáticos idosos e mulheres, que não tinham renda disponível para fazer o mesmo.

De acordo com a Stop AAPI Hate, uma organização sem fins lucrativos que rastreia incidentes de ódio, houve mais de 3.795 deles – incluindo assédio verbal e agressão física – contra americanos asiáticos nos Estados Unidos de 19 de março de 2020 a 28 de fevereiro de 2021.

O início

Ao criar a conta no Instagram, Park deixou um recado na bio: “Eu tenho US$ 2.000, se você precisar de uma carona, é só me cobrar no Venmo”. Pouco utilizado no Brasil, Venmo é uma plataforma de compartilhamento de pagamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que ela não esperava é que sua iniciativa fizesse um sucesso estrondoso na rede social. Graças aos poderes da internet, as doações começaram a chover e ela arrecadou mais de US$ 100 mil em apenas 48 horas!

“As pessoas que estão doando são de todo o país, de todas as raças, etnias e eles apenas me enviaram mensagens dizendo: ‘ouçam, nós realmente queremos que vocês fiquem seguros também e estamos doando para que mais pessoas possam passear em a cidade'”, disse Park em entrevista à ABC.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by cafe maddy cab (@cafemaddycab)

Seu projeto foi tão bem sucedido, que ela precisou interromper as doações após atingir o limite semanal de pagamentos devido aos regulamentos do Venmo. É bom saber que enquanto existe quem apoia a xenofobia, outras milhares de pessoas apoiam a diversidade!

“Obrigado por sua solidariedade, generosidade, suas palavras gentis e apoio à comunidade. O objetivo disso é permitir que você tome a decisão de estar seguro em um lugar ou situação arriscada, porque uma viagem custa muito caro. Portanto, mantenha esta postagem em mente para sua segurança”, disse comemorando o sucesso de sua iniciativa.


Quer ver mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Mulher humilhada arrecada mais de US$ 100 mil para pagar taxis a quem sofre discriminação nos EUA 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,987,420SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

[VÍDEO] Bebê consegue se comunicar com o pai surdo-mudo usando língua de sinais e encanta a web

Ter um bebê em casa significa barulhos, risadas e brincadeiras durante boa parte do dia. Mas na residência de Zach, sua esposa Court e...

Menino de 6 anos surpreende professores ao entregar medalha para amigo cadeirante

Querendo mostrar ao amigo o quanto ele é importante, o pequeno Pedro Henrique Carvalho, de 6 anos, decidiu entregar uma medalha ao seu colega,...

Homens na Holanda estão andando de mãos dadas em solidariedade à casal gay que foi atacado

Os homens holandeses decidiram mostrar solidariedade a um casal gay que foi brutalmente agredido na cidade de Arnhem e começaram a andar de mãos...

Em vez de “brigar”, menina que sofreu bullying na escola escreve carta para agressora e resolve problema

Ah, as crianças! Sempre nos dando lições que os adultos levam uma vida inteira para aprender! Ivie, de 8 anos, mora na Austrália e...

Instagram

Mulher humilhada arrecada mais de US$ 100 mil para pagar taxis a quem sofre discriminação nos EUA 3