Após vídeo contando que os filhos passarão o Natal sem ter o que comer, mulher ganha R$ 60 mil em doações

A história da Cris é muito emocionante. Todos os dias, ela veste uma fantasia de palhaço e vai vender balas e doces, para conseguir sustentar a casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa mãe guerreira faz tudo pelos filhos e, para ajudá-la a se manter, lançamos uma vaquinha na Voaa. Vocês, maravilhosos como sempre, e nos ajudaram a dobrar essa meta rapinho!

Com o valor, a Cris reformará sua casa e investirá num próprio negócio. Outra guerreira que precisa da nossa ajuda é a Vanessa, ela foi despejada de casa junto com os seus cachorros e passou a morar na rua. Estamos com uma vaquinha para ajudá-la também!

Conhecemos a Cris através do canal Dinosonso (@dinosonso), no Instagram. Eles a encontraram durante um dia de trabalho, em Piracicaba (SP). Veja que emocionante!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Família passa muita dificuldade

A Cris está desempregada há 3 anos. Ela não conseguia renda para manter a casa, então começou a vender doce no sinal. Com o pouco dinheiro que ganha, dá para pagar algumas contas, e a alimentação, que muitas vezes falta também.

O que mais nos marcou ao conversar com a Cris foi que quando perguntamos do que ela precisava, a primeira coisa que pediu foi comida para os filhos de 3 e 12 anos. Isso acabou com a gente! 😭😭

É época de festa, enquanto as pessoas comemoram, a gente não tem o que comer em casa”. 💔

Mulher vende doce no sinal para alimentar filhos

O marido da Cris, Daniel, também está desempregado e quando também não faz bico vendendo balas no semáforo, tenta serviços como eletricista e pintor. Para os filhos não ficarem sozinhos, eles revezam os dias de trabalho na rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como o dinheiro falta muito, Cris e a família teve que entregar a casa onde moravam, pois não tinham como manter o aluguel, e foram morar em uma ocupação.

Com o dinheiro que recebem do Auxílio Emergencial, Daniel ainda conseguiu levantar uma casinha simples e inacabada.

Mulher vende doce no sinal para alimentar filhos

Vaquinha bate mais de R$ 60 mil e família investirá no próprio negócio

Lançamos a vaquinha para que essa família consiga comprar alimentos e se sustentar nessa pandemia até que encontrem um emprego de carteira assinada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em pouco tempo, vocês transformaram a vida da Cris e da família dela, conseguindo dobrar a meta. Além de reformar a casa, ela investirá numa lojinha de doces para ficar perto dos filhos.

Mulher vende doce no sinal para alimentar filhos

Estamos aqui torcendo para tudo dar certo, Cris! Voaa!

selo conteúdo original

Seguimos Acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Espetacular: Menino fazendo música com a máquina de lavar roupa

Ah, a mente humana e seus incríveis mistérios. Vejam o que esse menino (de 10 anos) tira de som de uma máquina de lavar!...

Sem-teto devolve cheque de 10 mil dólares à dona e ganha casa

O que você faria se encontrasse um cheque de 10 mil dólares caído no chão? Isso aconteceu com Elmer Alvarez, em Connecticut - nos Estados...

Estudo mostra o quanto estereótipos atrapalham a vida da mulher e atrasam a equidade de gênero

Enquanto ainda existem pessoas acreditando no famoso “mimimi feminista”, outros vão em busca de dados que comprovam as teorias. Recentemente saiu um estudo que...

Ararinha-azul está extinta no Brasil, Alemanha enviará 50 exemplares em 2019

A BirdLife International, uma organização não-governamental de defesa dos animais e do meio ambiente divulgou um estudo em que atesta que oito espécies de...

Instagram