Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

Em meio à correria e ao fluxo de veículos na Avenida Tamandaré, em Campo Grande (MS), se encontra um restaurante de fachada meio desbotada, que à primeira vista, nem parece ser um dos pontos mais movimentados da região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ali está o “Colher de Pau”, aberto há pouco tempo, onde filas de pessoas aguardam para almoçar à vontade por apenas R$ 12,00 e onde a água, geladinha, é por conta da casa.

Às 11 horas, já é comum ver dezenas de pessoas esperando do lado de fora para se servir com a deliciosa comida caseira de Marli Penasso, 62, dona do estabelecimento há três anos.

No início desta semana, por exemplo, ela serviu arroz, feijão, macarronada e refogados em geral. Também nunca falta um franguinho frito ou carne cozida, sempre “pelando”, pronta para ser apreciada.

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista ao portal Campo Grande News, Dona Marli disse que, em seu restaurante, sempre tem o dia da carne com mandioca, o guisado ou o quibebe. O frango, no entanto, é diário. Tudo pode faltar, menos ele. “Já é uma tradição”, afirma a empreendedora.

“Até mesmo no dia da feijoada, aos sábados, eu sirvo o frango frito. Por isso, alguns clientes chamam aqui de Restaurante do Frango”, brincou.

Os clientes são unânimes sobre a comida caseira do Colher de Pau: arroz sempre soltinho, o frango no ponto, o guisado bem temperado e o feijão reforçado até com calabresa.

A variedade de saladas também chama atenção: tem legumes, verduras, repolho com tomate, pepino sem casca cortado fininho e molhos para acompanhamento. Uma riqueza que só!

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Incrível que, em meio a tantas opções, o preço para se comer à vontade é de R$ 12,00. Caso o cliente queira levar pra casa, o marmitex é o mesmo valor.

No entanto, Dona Marli pontua: “Só fico chateada quando a pessoa paga R$ 12,00 e só serve mistura. Então, ela não comprou marmitex, ela comprou só mistura e isso não é justo”. Certíssima.

Assim, ela diz contar com a honestidade e bom senso do cliente. “Deixo todo mundo à vontade para que sirva o quanto quiser, mas tem que ser honesto”, completa.

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Gosto de ver todo mundo satisfeito, só também peço para que não haja desperdício. Devem servir apenas do que forem comer”, costuma dizer a proprietária à clientela.

O restaurante também oferece água de graça (e geladinha), servida em garrafas de 2 litros. “Vai acabando e eu vou repondo. Água não se pode negar a ninguém.”

Ao portal Campo Grande News, Marli contou que a jornada rumo ao sucesso do seu estabelecimento não foi nada fácil. “Depois de tudo o que eu vivi, hoje só posso ter gratidão.

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

A clientela enxerga na proprietária uma pessoa humilde, simpática e carismática – mas nem imagina as dificuldades que ela precisou superar nos últimos anos.

Dona Marli nasceu em Cascavel (PR), mas vive em Campo Grande há 39 anos. Antes de abrir o Colher de Pau, ela foi dona de uma distribuidora por décadas, mas viu a empresa ir à falência e perder tudo o que tinha.

Abarrotada de dívidas e à beira de um abismo financeiro, ela precisou se reinventar… Foi quando encontrou o restaurante da Tamandaré à venda. “Quando vi o preço, achei que era mentira, estava muito baixo, pedi pra minha filha ligar e confirmar. Quando vi que era real, dei meu carro e um dinheiro emprestado de entrada, e comecei a trabalhar.”

Ali, infelizmente, Dona Marli já foi assaltada duas vezes e teve uma baixa na pandemia, mas não desistiu. “Diz que Deus não dá o fardo maior do que a gente aguenta carregar, né? Então, eu tenho muita fé e continuo.”

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça

Dos últimos 3 anos pra cá, pessoas próximas da empreendedora tem torcido para ela abrir uma filial na região. “Morrem de vontade que eu leve o restaurante para outro lugar. Por isso, tem gente que vem de longe comer nosso frango e eu fico muito feliz com isso”, completou.

Você pode conhecer o restaurante da Dona Marli! O endereço é Avenida Tamandaré, 2984 – São Francisco. O horário de funcionamento é das 11h às 14h, de segunda a sábado.

Fonte: CG News
Fotos: Thailla Torres

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina com deficiência anda pela 1ª vez no casamento da sua mãe

Uma garotinha de 4 anos chamada Avah nasceu com espinha bífida, uma malformação congênita caracterizada pelo fechamento do tubo neural, geralmente no início da...

Pai e filho vencem a Covid-19 e recebem alta no mesmo dia, no Ceará

Sr. Francisco, de 83 anos, teve motivos de sobra para comemorar o Dia dos Pais, este ano. Ele estava internado na Santa Casa de...

Criança rifa desenhos para ajudar mães com HIV a comprarem leite especial para seus filhos

A pequena Keite Carolina Vieira, 7 anos, está dando um show de solidariedade! A menina, lá de Goiânia (GO), decidiu por conta própria rifar...

Bebês de gatinhos viajam quase 24 horas em caminhão ao encontro de uma mamãe de leite

A Animal S.O.S Baixada Santista postou em seu Facebook uma história linda sobre esses gatinhos, mas mais lindo ainda por nos apresentar Alan, um...

Projeto de Lei aprovado no Senado dá isenção de IOF para pessoas com deficiência

O Senado Federal, por meio da Comissão de Direitos Humanos, aprovou na última quinta, 25, o projeto de lei nº 1247/2019, que isenta de IOF...

Instagram

Após ir à falência, mulher abre restaurante com almoço à vontade por R$ 12 e água de graça 2