Depois de ser tão humilhada, mulher trans é eleita a melhor vendedora do Brasil de famosa marca de motos

“As circunstâncias da vida fizeram as pessoas desacreditarem de mim. Mas eu acreditei até o fim e estou aqui. Tudo o que aconteceu na minha vida valeu a pena.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se a Sid, mulher trans, negra, nordestina e eleita a melhor vendedora de uma marca de motocicletas no país, diz que fala demais, pedimos que continue falando! Cada palavra que sai da boca desta baiana de 29 anos é um ensinamento. E uma delas é reinvenção.

 

Sid está concorrendo na categoria LGBTQIA+, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Porque a vida exigiu que Sid se reinventasse, principalmente quando foi expulsa de casa ao assumir sua homossexualidade, indo morar em um bairro novo, fazendo um empréstimo aqui e outro ali para bancar a mudança, sem saber o que seria da sua vida dali pra frente.

mulher trans segura troféu melhor vendedora marca motos
Foto: reprodução/Instagram @auau_oficial

“Todos esses desafios me trouxeram lágrimas, medo e dor. Daí juntei todas as minhas forças e disse: ‘eu vou vencer!’ O meu remédio para tudo o que fizeram comigo, coloquei como meta, é chegar ao 1º lugar do Brasil e mostrar que eu não era nada daquilo que pensaram sobre mim”, lembra.

Sid chegou lá, mas esse é apenas um dos muitos troféus e medalhas que ela coleciona – diz até que vai montar um escritório para guardar todos eles. Chegar ao primeiro lugar é até fácil, difícil mesmo é se manter nele: a “Furiosa” – como é chamada por seus clientes – se mantém há 7 anos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Na vida, eu sempre fui muito sozinha. Desde os 15 anos que eu moro só. Então, eu sempre me defendi. Quando as pessoas vinham me atacar, eu me defendia de uma forma muito explosiva, mas não é pelo fato de ser uma pessoa explosiva. Pessoas sozinhas só têm elas para se defender”, desabafa.

Seu discurso da vitória é de arrepiar! Assista:

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by A N1º DO CONSÓRCIO HONDA(24hs) (@sra.sidhonda)

Troféu quebrou

O troféu era de vidro e durante um evento, caiu no chão e quebrou. Por um momento, Sid achou que aquilo era um sinal de que sua história tinha acabado. Porém, ela, uma mulher de fé, não demorou muito e deu um novo significado ao troféu quebrado.

“Aquele troféu quebrou, porque foi construído em cima de dores. Deus só fez eu ganhar por causa das minhas lágrimas. Quando ele quebrou, Deus disse: ‘a sua dor acaba aqui’. O próximo é realmente o da vitória! Ali foi o troféu da honra, agora, é o troféu da vitória. Foi necessário eu perder para correr atrás do outro”, diz.

mulher trans exibe troféu melhor vendedora marca motos
Foto: reprodução/Instagram @auau_oficial

Uma casa para a mãe

No trabalho, Sid já bateu todas as metas possíveis – ela mesmo cria suas próprias metas, além do exigido!

Agora falando de meta de vida, a da Sid é construir uma casa – não qualquer casa! É para sua mãe, o porto-seguro de Sid, que sempre a apoiou, quando muitos a trataram como um “cachorro”.

“Eu moro de aluguel, mas meu maior sonho é dar a mansão de minha mãe. Eu vou demorar de construir? Vou! Quando alguém chegar na porta e dizer assim: ‘venha cá, você que é a empregada?’ Eu quero construir a casa para ela dizer: ‘não, eu sou a dona dela.'”

Sid conta que a dona Maria Auxiliadora da Anunciação sofreu muito na vida e que agora fará o impossível para dar a vida que a vida que a mãe merece. “Custe o que custar, mas eu vou honrar a minha mãe.”

Ai, gente! 😭

O que não te derruba te deixa mais forte!

Sid é uma mulher trans, mas que ser referência de superação não apenas para a comunidade LGBTI+.

“Eu quero ser referência para aquele ser humano que está pensando em desistir. Aquele ser humano, cuja empresa deu errado. Acredite! O protagonista da sua história é exclusivamente você. Aquilo que não derrubar você te deixará exclusivamente mais forte”, afirma.

 

Sid Furiosa está concorrendo na categoria LGBTQIA+, do Prêmio Razões Para Acreditar. Clique aqui e vote!

 

Sid é a nossa convidada do 17º EP do Cafezoom. Vem escutar mais um pouco dessa mulher porreta!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escolas no Rio incluem estudos de violência contra as mulheres na grade curricular

Depois de colocar danças africanas dentro do ensino de uma escola (relembre aqui), a Rede estadual do Rio de Janeiro vira notícia novamente ao...

Funcionário da Casas Bahia adota cachorro que ‘visitava’ a loja diariamente em Suzano (SP)

Ahh, esta é mais uma daquelas histórias com finais felizes que adoramos contar! Lembram do cachorro da Casas Bahia que foi registrado dormindo em...

Nessa aldeia todos falam língua de sinais para que pessoas surdas não sejam excluídas

Na remota aldeia de Bengkala, em Bali, cada um dos 3 mil habitantes consegue se comunicar fluentemente em kata kolok, uma língua de sinais,...

Artista cria boneco de crochê adorável para menino que sofre com morte do avô

Uma artista ajudou um garotinho a lidar com a morte do seu avô de um jeito fofo: com um boneco de crochê. Vestindo a mesma...

Instagram