Mulher com tumor facial grave ganha cirurgia gratuita após anos convivendo com a doença

Uma mãe diagnosticada com um tumor facial maciço a deixou quase incapaz de comer ou respirar agora está vivendo uma vida normal, graças ao trabalho de caridade de cirurgiões a bordo de um navio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mabouba notou o tumor facial pela primeira vez na adolescência e, à medida que envelhecia, sua condição piorou rapidamente.

Em 2014, o tumor era tão grande que começou a bloquear seu esôfago e traqueia – deixando-a incapaz de engolir qualquer coisa além de pedaços de arroz, ovo e pão, e lutando para respirar durante a noite.

mulher com tumor na boca
Foto: Mercy Ships/ SWNS

Infelizmente, a cirurgia de emergência em Gana, nação da África Ocidental, não ajudou, depois que a jovem de 29 anos quase perdeu a vida na mesa de operação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, graças à chegada da ONG Mercy Ships, uma instituição de caridade que presta assistência médica, ela agora vive uma vida feliz.

antes e depois de mulher com tumor na boca
Foto: Mercy Ships/ SWNS

A Mercy Ships opera o maior navio-hospital não governamental do mundo, transportando centenas de profissionais de saúde voluntários para mais de 57 países em desenvolvimento.

Desde 1978, a instituição de caridade com raízes cristãs realizou mais de 100.000 cirurgias que salvam vidas e treinou 42.000 enfermeiros e médicos locais em procedimentos modernos realizados enquanto seu navio fica ancorado nos portos.

navio da mercy ships
Foto: Mercy Ships/ SWNS

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lembro que quando acordei estava completamente transformada”, disse Mabouba. “Eu era uma nova pessoa.”

Sua família já havia arrecadado dinheiro de tios, avós e primos de modo a enviar Mabouba a Gana para uma cirurgia de emergência, mas ao chegar, ela foi informada de que precisavam remover alguns dentes antes de completar a cirurgia – uma operação que deu terrivelmente errado.

Então a família soube que o navio-hospital, o “Africa Mercy”, estava programado para atracar no Togo e Mabouba poderia pedir uma consulta.

“Aqueles dias minha mente estava sempre preocupada com o tumor”, disse ela. “Dia e noite eu não conseguia pensar em outra coisa.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mulher que retirou tumor na boca e sua filha
Foto: Mercy Ships/ SWNS

Uma vez a bordo, os cirurgiões estavam determinados a fazer tudo o que pudessem por ela e, após nove horas de cirurgia, removeram seu tumor com sucesso!

Hoje, Mabouba é costureira em sua própria alfaiataria e mãe de uma filha de cinco anos. Ela também comemorou recentemente o casamento com um homem que conheceu semanas depois ao ir em um banco  – e diz que foi amor à primeira vista.

“Eu costumava pensar que não era bonita e que nunca me casaria. Se eu não tivesse feito essa operação, não sei o que teria acontecido comigo. É por isso que agradeço a essas grandes pessoas que me deram esta vida”, completou a costureira.

Fonte: Mercy Ships

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Mulher com tumor facial grave ganha cirurgia gratuita após anos convivendo com a doença 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,977,244SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor faz biblioteca colaborativa em parada de ônibus e incentiva a leitura no Amapá

Uma biblioteca em uma parada de ônibus, com o objetivo de promover o incentivo da leitura e distrair os passageiros enquanto esperam o ônibus....

Pai que vende empadas na praia com seus filhos para sobreviver ganha vaquinha; saiba como ajudar!

Estamos apaixonados por essa família! ❤️ Viralizou o vídeo de um pai vendedor ensinando os filhos a vender empadinhas em Praia Grande, na região litorânea...

Estudantes usam o descanso das férias para fazer o bem

Em julho, jovens de 20 cidades do Brasil deram um significado diferente às férias. Eles deixaram o descanso de lado para ir a comunidades...

Dia do Livro: Eliana, sobrevivente de poliomielite, aprendeu a escrever com a boca e lançou sua autobiografia

Hoje é dia do livro e nossa homenagem vai para a Eliana, uma das poucas sobreviventes de poliomielite que se tem registro, em 1974,...

Depois de 65 anos, casal se reencontra no asilo e volta a namorar

Um casal de idosos é prova de que o amor pode durar pra sempre, mesmo depois que duas pessoas se separam e ficam décadas...

Instagram

Mulher com tumor facial grave ganha cirurgia gratuita após anos convivendo com a doença 4