Mulheres sertanejas de Pernambuco se unem para proteger a caatinga

1
1519

Sabe o que acontece quando mulheres sertanejas de Pernambuco se unem? Criam um grupo para preservar e reflorestar a caatinga.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça o projeto Mulheres na Caatinga.

“São as mulheres que cuidam da caatinga, são as mulheres que cuidam da lenha, são as mulheres que não desmatam e são as mulheres que são as guardiãs das sementes nativas do sertão”, diz Célia Souza, coordenadora pedagógica do projeto em entrevista ao Jornal Hoje.

O trabalho envolve diferentes frentes, desde os ensinamentos  sobre a farmácia natural que é a caatinga pela professora Maria de Lourdes, de 67 anos, atá a fazer bancos de sementes para salvar as espécies nativas ameaçadas de extinção, e a criação de um fogão agroecológico, que consome pouquíssima lenha.

Mais de mil mulheres, em 12 municípios já receberam essas lições e conhecimentos para preservar suas respectivas regiões.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só a Maria das Dores já produziu mais de três mil mudas. Agora, ela espera a chuva para plantar.

Conscientes da importância de preservar a vegetação da terra seca para melhorar a qualidade de vida de todos os sertanejos, elas resolveram colocar em prática os ensinamentos que suas avós já empregavam.

Imagem-695

33

30

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

24

22

17

15

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

13

12

1-1

3

8

09.10casadamulher

Fonte: Plano Feminino

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.