Mulheres do sertão baiano criam vaquinha para construir ateliê de costura

Bem no sertão baiano, na cidade de Canudos, mulheres de comunidades carentes se uniram para ganhar a independência financeira. Uma máquina de costura e a vontade de aprender foram suficientes!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça o projeto de Ateliê Corte e Costura “Forte Severina”. O trabalho que começou bem pequenino com 15 mulheres e apenas uma máquina de costura, hoje, sonha em ter um espaço completo para profissionalizar mais mulheres da comunidade. Clique aqui e contribua com esse sonho.

A costureira Delma Alves foi quem plantou a sementinha desse projeto incrível. Há 5 anos, o seu pai faleceu deixando para os oito filhos um carro velhinho. Com o dinheiro, a costureira comprou uma máquina. Tomando conhecimento da iniciativa das mulheres da comunidade Rasinho, Delma emprestou sua máquina, e ali nascia o ateliê.

costureira do sertão baiano segurando a máquina de costura do projeto Ateliê Forte Severina
A costureira Delma Alves foi quem plantou a sementinha desse projeto incrível. Foto: Divulgação

“Enquanto uma costurava, a outra cortava, assim levamos com uma máquina. As mulheres não querem depender somente dos maridos em casa. Queremos trabalhar e ter um futuro melhor”, disse Delma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Graças ao empenho dessas guerreiras e com a iniciativa do Projeto Canudos, foram doadas recentemente mais 7 máquinas de costura. Agora, elas sonham em ter um espaço completo para profissionalizar mais mulheres da comunidade. Clique aqui e contribua com esse sonho.

Mais do que profissionalizar essas mulheres, o projeto leva renda e empoderamento!

“O primeiro passo para superar a situação de vulnerabilidade social é romper com o isolamento. Uma pessoa, quando se junta a outras em situação semelhante, amplia centenas de vezes suas possibilidades de emancipação social e econômica.”

costureiras do sertão baiano segurando a máquina de costura do projeto Ateliê Forte Severina
Foto: Divulgação

O projeto Ateliê Corte e Costura “Forte Severina”

Com o valor da vaquinha, o objetivo é levantar um ateliê completo para a realização de cursos profissionalizantes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Projeto de Ateliê Corte e Costura “Forte Severina” oportunizará oficinas de corte, costura e modelagem com foco na geração de renda por intermédio da qualificação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade social atendidas pelo Instituto Brasileiro de Expedições Sociais através do Projeto Canudos.

costureira do sertão baiano segurando a máquina de costura do projeto Ateliê Forte Severina
Foto: Divulgação

Serão capacitadas prioritariamente as mulheres das comunidades Rasinho e Bom Jardim, no município de Canudos, no sertão da Bahia, oferecendo apoio técnico para a implementação de geração de renda e autossustentabilidade.

O que é o projeto Canudos?

O Projeto Canudos é uma iniciativa social do Instituto Brasileiro de Expedições Sociais (IBES) que visa a autossustentabilidade de comunidades vulneráveis pelo Brasil e pelo Mundo, por meio de EXPEDIÇÕES Nacionais e CONEXÕES Internacionais. Iniciou suas atividades em 2009 na cidade de Canudos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde o início, o Projeto visa tornar os vilarejos de Canudos Velho, Rio do Vigário e Rasinho (regiões rurais) em comunidades autossustentáveis. Para isso, o Projeto Canudos, em parceria com empresas e Instituições de Ensino Superior, desenvolve ações de Saúde, Educação, Direitos Humanos e Justiça, Comunicação, Cultura, Geração de Renda, Tecnologia e Meio Ambiente.

Vamos dar continuidade ao trabalho de geração de renda e empoderamento das mulheres do sertão baiano? Clique aqui e contribua.

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,261,441SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Documentário usa poesia para abordar consumo de lança-perfume na periferia

O curta-metragem "LANÇA" aborda o fenômeno a partir do olhar e vivência de jovens artistas da periferia de São Paulo.

Comissária de bordo acolhe e ‘oferece amor’ à passageira em um momento de profunda tristeza

A atitude de uma comissária de bordo com uma passageira que estava passando por um momento delicado foi muito além de ser gentil e...

Casal de 100 e 96 anos celebra casamento em casa de repouso

No último sábado (29), um simpático casal de idosos celebrou seu casamento em uma casa de repouso de Campinas (SP). Branca, 96 anos, e Marcelino,...

PM consola motorista de ônibus que se envolveu em acidente em SP

Na imagem, o policial abraça o motorista em um gesto de sensibilidade, carinho e atenção.

“Garoto borboleta” morre aos 17 anos nos dando várias lições sobre a vida

"Eu só tenho uma expectativa de vida de 25 anos e já cheguei na metade da minha vida"

Instagram