Mulheres solteiras desempregadas estão ganhando dinheiro com a criação de esponjas marinhas

Com altas taxas de desemprego, profunda exploração dos recursos marinhos e milhares de pessoas vulneráveis, um grupo de mulheres solteiras e sem emprego de Zanzibar, na África, encontrou na criação de esponjas marinhas uma forma de ganhar dinheiro. No entanto, a prática além de tudo tem ajudado a salvar centenas de espécies de peixes da região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

criação de esponjas do mar
Foto: Marine Cultures

A iniciativa é organizada pela Marine Cultures, uma pequena organização sem fins lucrativos, que decidiu empregar mães desempregadas e solteiras em 4 fazendas de esponjas marinhas. Desta maneira, estas mulheres garantem o seu sustento através de um trabalho inovador e sustentável.

mulher solteira que hoje trabalha na iniciativa
Foto: Marine Cultures

Agricultura de esponjas

A população vulnerável de Zanzibar costumava criar algas para obter renda, mas a prática foi interrompida diversas vezes devido à pragas e o preço no mercado era cada vez mais desvalorizado. Foi então que surgiu a ideia de salvar os meios de subsistência desses agricultores através da criação de esponjas do mar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

pessoas trabalhando nas fazendas de esponjas marinhas
Foto: Marine Cultures

Além de beneficiar ambientalmente uma área fortemente degradada, a iniciativa viu na cultura de esponjas uma alternativa sustentável, acessível e com mais oportunidades de mercado. “A aquicultura de esponjas foi identificada como uma alternativa adequada à agricultura de algas marinhas que promete rendimentos substancialmente mais altos”, explica Christian Vaterlaus, da Marine Cultures.

fazenda de esponjas do mar
Foto: Marine Cultures

Segundo ele, a ideia surgiu depois de uma viagem ao sudeste asiático e ao Pacífico, quando membros da equipe conheceram uma organização que trabalha com membros da comunidade para cultivar esponjas marinhas e invertebrados com materiais e métodos sustentáveis e extremamente baratos.

esponjas do mar em Zanzibar
Foto: Marine Cultures

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esponjas do mar no cotidiano

Você deve estar se perguntando o porquê do cultivo de esponjas do mar, mas saiba que elas são muito usadas para remover maquiagem, tintas de modo geral e até mesmo em bebês e pessoas com pele sensível. Anti-alérgicas e 100% naturais, elas são recomendadas por dermatologistas do mundo todo.

pessoas trabalhando em fazendas de esponjas
Foto: G.Cripps

Desde que a iniciativa surgiu em 2009, eles começaram a testar mais de 120 espécies de esponjas para encontrar uma que não fosse apenas adequada para uso cosmético, mas também sustentável e inofensiva ao meio ambiente.

Depois de anos de testes, hoje a organização não somente exporta esponjas do mar para o mundo inteiro, como desde 2014 começaram a cultivar também corais, que são usados em aquários.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alimentando famílias

Vaterlaus afirma que cada fazenda pode alimentar de 2 a 3 famílias grandes, enquanto 3 novas fazendas podem são lançadas a cada ano. Segundo ele, uma fazenda de esponjas pode ser iniciada com pouco esforço, enquanto capacita mulheres locais a aprender as habilidades de um pescador, biólogo marinho, comerciante, empresário, nadador e agricultor de uma só vez.

Mulheres empregadas

A iniciativa vem dando oportunidades à inúmeras mulheres, que hoje são independentes, aprenderam novas habilidades e podem sustentar seus filhos. Uma delas é Shemsa: “Graças ao meu treinamento, posso alimentar minha família, construir minha própria casa e ter eletricidade. Talvez nunca alcancemos todos os nossos objetivos, mas já atingi metade dos meus”, explica orgulhosa de sua ocupação.

mãe e filha em praia em Zanzibar
Foto: Marine Cultures

Shemsa passou a vida nadando entre esponjas do mar, mas descobriu recentemente que elas podem ser a chave que faltava para que ela pudesse levar uma vida mais digna e confortável!

Fonte: Good News Network

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,755SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

SOS Amapá: saiba como ajudar as famílias que estão sofrendo com apagão que já dura uma semana

Depois do incêndio que atingiu na terça-feira (3) a subestação de energia no Amapá, muita gente ficou sem energia. E isso já tem 8...

Irmã ajuda irmão gay a realizar o sonho dele e do seu marido de ser pai

O casal David e Brendan sempre quis ter um filho. Eles tentaram adotar uma criança, mas os obstáculos que foram aparecendo no processo de...

Igreja Batista do Pinheiro abre portas para a comunidade LGBT em Maceió (AL)

A Igreja Batista do Pinheiro, em Maceió, Alagoas, tomou uma decisão que deveria ser seguida por todas as igrejas. Durante uma assembleia extraordinária no dia...

Prefeitura de São Paulo anuncia parque suspenso do Minhocão

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB-SP) anunciou nesta última quinta-feira, 21, a desativação gradual do Minhocão e a criação do primeiro trecho...

10 histórias de atletas paralímpicos que merecem ser contadas e compartilhadas

As Paralimpíadas Rio 2016 chegaram ao fim, mas seu legado segue firme pela cidade e na nossa memória. Foram 97 medalhas masculinas e 39...

Instagram

Mulheres solteiras desempregadas estão ganhando dinheiro com a criação de esponjas marinhas 2