Após ninguém aparecer em chá de bebê, 60 mulheres fazem surpresa para mãe

Imagina você preparar um chá de bebê com todo o cuidado, pensar em tudo e na hora não aparecer nenhuma convidada…

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi isso o que aconteceu com Pâmela Romão, no chá de bebê do seu filho, Matheus, que hoje está com dois meses de vida. Ela ficou tão decepcionada, que a irmã Taíza Araújo pensou numa forma de reverter a situação.

Taíza compartilhou a história em um grupo de mulheres no Facebook, o Gina Indelicada.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Gina Indelicada (@ginaindelicada) em

“Se passaram 40 minutos e só estavam eu minha mãe, minha irmã e uma prima. Então eu fiz um desabafo no grupo Gina e pedi às meninas que não fossem o tipo de pessoa que não se importa com os sentimentos dos outros. As panelas cheias, tudo arrumadinho. Mas ninguém veio. Eu escrevi as palavras de todo coração”, disse Taíza Araújo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionado: Sobre duas rodas, motociclistas mulheres se ajudam e superam relacionamentos abusivos

Na mesma hora as mulheres do grupo começaram a comentar, compartilhar e a perguntar o endereço da Pâmela, que mora em Uberlândia (MG). De repente, começaram a aparecer na casa da Pâmela mulheres que ela nunca tinha visto antes.

Mulheres que compareceram a chá de bebê
Em poucos minutos, a mulherada tomou conta da casa da Pâmela. Foto: Arquivo Pessoal

Não parava de chegar meninas. Não cabia mais dentro de casa. Estavam tomando conta da calçada! Maridos dentro dos carros. Elas conversavam como se nos conhecesse há anos! Deram carinho a minha irmã, atenção! Mimaram o barrigão! Em alguns momentos ela chorava de tanta emoção e carinho”, relatou Taíza.

No total, mais de 60 mulheres, isso mesmo, 60 mulheres, foram para o chá de bebê. Até o trânsito na rua ficou conturbado. A mamãe recebeu mais de 100 pacotes de fraldas, fora outros presentinhos para o Matheus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mulher que recebeu fraldas de desconhecidas em chá de bebê com várias fraldas na cama
Pâmela recebeu mais de cem pacotes de fraldas e ficou felizona! Foto: Arquivo Pessoal

Nossa, gente! Que empatia, quanto amor! 😍

Não tenho nem palavras pra descrever o que essas mulheres fizeram por mim”, disse Pâmela.

Relacionado: Mesmo internada em hospital, jovem maquia idosa que não se sentia bonita: “ela me agradeceu sorrindo”

“Eu não esperava tamanha movimentação! Até hoje, não acredito. Elas transformaram esse dia pra sempre! Elas tiveram tanto amor pela minha irmã e pelo Matheus que sempre me dá vontade de chorar ao lembrar. Aprendi na prática o significado de empatia e sororidade”, disse Taíza.

Bebê do chá de bebê em que desconhecidas compareceram depois que nenhum convidado foi.
Matheus ganhou dezenas de titias e teve um chá de bebê que foi pura sororidade. Foto: Studio Manu Queiroz

Nós também aprendemos muito, Taíza!

[A história das titias do Matheus e tantas outras de mulheres que ajudam mulheres fazem parte de um canal especial do Razões para Acreditar e O Boticário, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas . Acesse mais histórias como essa aqui.]

Relacionados

Mesmo internada em hospital, jovem maquia idosa que não se sentia bonita: “ela me agradeceu sorrindo”

Andressa colocou suas dores de lado para ajudar uma idosa que se sentia feia, sozinha, triste, e isso mudou seus dias.

Como uma ação entre vizinhas virou uma rede de apoio mútuo entre mulheres

Sabe aquela amiga que não te deixa passar perrengue, não importa o perrengue nem o tamanho dele? É esse o compromisso de um grupo...

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,990FãsCurtir
1,932,603SeguidoresSeguir
9,455SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ DO CANAL

Para ajudar mulheres a saírem do perrengue, elas criaram um grupo de educação financeira

Você é mulher e tem dificuldades para administrar o seu dinheiro? Então, você precisa conhecer a Invista como uma Garota. Além de ensinar educação financeira...

Cliente antecipa pagamentos para salão de sobrancelha passar por crise do coronavírus

A servidora pública Débora Benon, de Brasília (DF), tinha uma viagem planejada com o marido e os três filhos no início de abril. Mas veio...

Canal no WhatsApp oferece apoio a mulheres vítimas de violência doméstica durante quarentena

É espantoso pensar nisso, mas as mulheres podem estar mais vulneráveis em casa durante a quarentena causada pela Covid-19. Dados apontam que a violência...

Iniciativa oferece apoio emocional e busca recolocação para mulheres no mercado de trabalho

Perder o emprego é sempre muito ruim, ainda mais agora, com a crise do coronavírus, que tem deixado muitas pessoas sem trabalho. Se você já...

Coronavírus: mulheres criam grupo de apoio para pagar boletos de trabalhadoras informais

Eventos cancelados, serviços adiados e cortes de dias de trabalho. Com a pandemia do coronavírus, as trabalhadoras informais e autônomas formam um dos grupos...

Instagram