Primeiro Museu da Empatia do mundo coloca você no lugar de outras pessoas

Londres recebe o primeiro museu da empatia do mundo como parte do Thames Festival, baseado nas ideias do pensador cultural Roman Krznari.

Com exposição itinerante, os visitantes do museu da empatia encontram um espaço onde poderão se colocar no lugar de outras pessoas e ver o mundo através dos olhos delas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O objetivo do museu é promover uma revolução nas relações humanas através do desenvolvimento da empatia. Para os criadores do projeto, empatia é o antídoto perfeito contra preconceito, conflitos sociais e desigualdade.

Ao entrar no local, você é convidado a vestir os calçados de outra pessoa, uma alusão à expressão inglesa in your shoes que literalmente significa “nos seus sapatos”, ou seja, como é estar no lugar de outra pessoa.

Então começa uma caminhada ao mesmo tempo em que você segue escutando um áudio em um pequeno iPod Shuffle com a história dela.

Um jornalista do O Globo visitou o museu e fez a seguinte narração: “Quando visitei o espaço, os sapatos do meu tamanho, bem enlamaçados, pertenciam a um arqueólogo que explicou muitas curiosidades sobre o rio Tâmisa e que revelou ter decidido estudar história porque tinha sido adotado e sentia falta de ter uma história própria. Pedi para escutar outras e em um par bem acima do meu número descobri uma história incrível de um homem que sofreu um golpe e foi preso por tráfico de heroína – e depois de sair da cadeia e ser inocentado só pensava em vingança. Mas ele então fez um curso de arte e decidiu se dedicar a isso apra canalizar a sua raiva e acabou levando outros ex-presidiários a fazer o mesmo. Um deles era um tipo durão e agressivo que acabou revelando uma paixão por desenhar personagens da Disney. Em outra surpresa, um par de salto altos pertence na verdade a um homem que faz um bingo semanal como drag queen. E o mais interessante de tudo: a seleção é feita dentro de uma caixa de sapatos gigante.”

Leia também:

Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Catadores de Alagoas ganham bikes de cargas para evitar crueldade com cavalos

Pedimos para crianças escreverem sobre seu futuro, o resultado foi muito além do que imaginávamos

Em breve, o museu também terá uma versão digital online, que além de vídeos, também vai contar com críticas de filmes e livros que ajudam as pessoas a enxergar outras experiências e abrir a mente para a empatia.


54887196eb8ec.image_ ayed-shoes-221015_frame_2418 c585e5351694ba69db55762f2cc3ab8e  Human_library_Hackney_Ashoka_may_2014 KLR0408 museu-da-empatia-1024x680

Fonte: O Globo

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,588FãsCurtir
1,763,191SeguidoresSeguir
8,635SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Comediante arrecada quase R$ 1 milhão para menino que sofreu bullying

O vídeo de um menino com nanismo chorando após ser vítima de bullying na escola gerou uma onda de comoção e solidariedade de milhares...

Instagram