Músico acreano produz guitarras incríveis com madeira certificada

Em diferentes lugares do mundo, a indústria de instrumentos musicais busca se tornar cada vez mais “verde”. Profissionais e empresas reciclam, reaproveitam e até mudam a matéria-prima usada para fabricar guitarras. No Brasil, isso também é realidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O luthier e músico acreano Lucas Mortari Montysuma viu a oportunidade de unir a paixão, a habilidade e o recurso natural disponível para criar um negócio local sustentável: a Bravos, uma guitarra de madeira tropical certificada.

Leia também: Esta empresa produz móveis usando apenas madeira reciclada e com trabalhadores que moravam na rua

músico acreano produz guitarras madeira certificada

Como matéria-prima para construir a guitarra, o músico utiliza os resíduos que seriam descartados pela Agrocortex, empresa certificada pelo FSC®, organização não-governamental e sem fins lucrativos que promove o manejo florestal responsável ao redor do mundo desde 1994.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Por mais que pareça uma ideia rústica para alguns, a guitarra, depois de pronta, nos surpreendeu pela sonoridade e beleza. O nosso produto final tem qualidade e singularidade”, enfatiza Lucas.

músico acreano produz guitarras madeira certificada

O músico explica que o objetivo da Bravos é mostrar que é possível mudar os padrões da indústria de instrumentos. Por isso, o profissional buscou, além de utilizar a matéria-prima certificada, também certificar o próprio produto.

“Quando descobri o FSC, percebi que o selo poderia agregar valor aos meus produtos, tanto no mercado nacional quanto internacional”, conta Lucas, que acabou de receber o selo.

A certificadora responsável foi o Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) e a SR4 Soluções em Certificação Florestal foi a consultoria que ajudou na adequação do processo de fabricação. “Apoiamos toda a cadeia da madeira, de forma que iniciativas como essa possam agregar valor ao manejo florestal comunitário e consequentemente, à floresta comunitária em pé”, comenta André Silveira Rosa, idealizador da SR4.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

músico acreano produz guitarras madeira certificada músico acreano produz guitarras madeira certificada

Leia também: Mexicano transforma armas em instrumentos musicais extraordinários

Para Aline Tristão, diretora geral do FSC® Brasil, esse tipo de trabalho, que utiliza matéria-prima de baixo impacto ambiental, precisa ser estimulada. “A guitarra Bravos valoriza a madeira nativa e mostra que o manejo florestal responsável contribui para o desenvolvimento da região”, acredita.

músico acreano produz guitarras madeira certificada músico acreano produz guitarras madeira certificada

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O instrumento artesanal demora, em média, duas semanas passa ser construído, pois tudo é feito a mão e não há linha de produção. O nome Bravos é uma homenagem às tribos indígenas que vivem isoladas no Acre.

Além de ajudar a proteger a Amazônia, a iniciativa oferece uma opção sustentável para os músicos. Os preços das guitarras começam em R$ 3.500,00, dependendo das peças e do acabamento utilizado.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito das fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal adota cinco irmãos para que não se separassem no DF

Os irmãos Maria Vitória (14), Pedro Henrique (12), Miguel (8), Gabriel (6) e Vitor (4) não precisam ter mais medo de serem separados.

Bilionário que pagou dívida da faculdade de estudantes estende doação aos pais deles

Mais de 400 alunos, pais e responsáveis​​ receberão a doação em dinheiro nos próximos meses.

Como a Patagonia ganha mais dinheiro, tentando ganhar menos

É feriado e os varejistas estão se preparando com toda técnica possível para maximizar a receita para as próximas semanas. Alguns varejistas ganharam mais...

Bloco de Carnaval para surdos leva inclusão para as ruas de São Paulo

Todos merecem curtir a folia, foi por isso que surgiu o Bloco de Carnaval para surdos. No Brasil o ano começa quando mesmo? Depois da...

Instagram