Designer projeta modelo de casa barata e autossustentável que produz 50% mais energia que consome


Designer projeta modelo de casa barata e autossustentável que produz 50% mais energia que consome 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Philippe Starck, o renomado designer francês que já projetou diversos produtos que se tornaram ícone do design contemporâneo, desenvolveu uma série de casas pré-fabricadas de baixo consumo de energia, a série conta com uma estrutura de vidro e alumínio e ele mesmo, com sua esposa planejam se mudar para uma.

O modelo é chamado de Montfort e é a segunda série do arquiteto de casas sob encomenda. Elas são produzidas em parceria com a Riko, um dos principais fabricantes europeus de construções de madeira pré-fabricadas.

A coleção, chamada “PATH” é a sigla de “Prefabricated Accessible Technological Homes”, (Casas pré-fabricadas tecnologicamente acessíveis), e é composta por quatro tipos diferentes de residência, todos projetados para consumir um terço da energia de uma casa tradicional. 

casa-sustentavel-2 casa-sustentavel-3

“Com a Path, nós queríamos alcançar o maior público possível. Esta é a razão por que eu decidi não fazer qualquer gesto arquitetônico aqui. Não quero impor nada a ninguém. As possibilidades arquitetônicas são muito amplas e flexíveis.” Disse Starck.

A casa de dois andares produz 50% mais energia do que consome, em grande parte graças a uma variedade de “sistemas de eco-tecnologia” escondidos no telhado.

Os clientes podem escolher quantos destes sistemas desejam adicionar, desde painéis solares e turbinas de vento até sistemas de colheita da água da chuva, bombas de calor e muito mais.

PUBLICIDADE ANUNCIE

casa-sustentavel-4 casa-sustentavel-5

“Temos integrado o conhecimento de engenharia mais avançado e a tecnologia de pré-fabricação para criar uma solução de vida contemporânea que é economicamente acessível a todos os que apreciam a simbiose de ecologia e estética,” disse Janez Škrabec, CEO da Riko.

As casas variam de 140 à 350 metros quadrados, com um ou dois andares. O número de quartos varia entre um e oito, podendo-se fazer desde um pequeno estúdio até uma casa de família generosa.

Essas casas estarão disponíveis para encomenda este mês, custando entre 2.500 e 4.500 euros por metro quadrado, dependendo da especificação. A empresa alega que cada uma será entregue no prazo de seis meses e pode ser montada em duas semanas.

casa-sustentavel-6 casa-sustentavel-7 casa-sustentavel-8

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar