Método criado por gaúcho beneficia 2,1 mil jovens empreendedores de periferias em todo o país

Projeto executado em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude possibilitou a abertura de 1,8 mil empresas em comunidades desfavorecidas.


método gaúcho empreendedorismo beneficia jovens empreendedores comunidades desfavorecidas
PUBLICIDADE ANUNCIE

O Inova Jovem é um projeto da Secretaria Nacional de Juventude e executado pela Besouro – Agência de Fomento Social. Em todo o país, já beneficiou cerca de 2,1 mil jovens empreendedores de periferias, com 1,8 mil empresas abertas.

O número expressivo de vidas transformadas através do empreendedorismo foi possível com a aplicação direta de um método de ensino de plano de negócios, conhecida como ByNecessity, desenvolvida pelo fundador da Besouro, Vinícius Mendes Lima, especialista na área.

A parceria com a Secretaria Nacional de Juventude começou em 2018. A partir da necessidade de gerar oportunidade de emprego e de independência financeira para jovens moradores de comunidades de baixa renda.

A ONG também auxiliou o órgão federal, responsável pelo desenvolvimento de políticas públicas para jovens entre 15 e 29 anos, por meio de um estudo finalizado em janeiro deste ano, que mapeou o perfil do jovem empreendedor das periferias. Visando o desenvolvimento de novas políticas públicas para esses jovens, aproveitando o conhecimento e a inserção dos profissionais da Besouro durante o desenvolvimento da pesquisa.

Por que a metodologia foi desenvolvida?

Motivado pela necessidade de gerar renda em um cenário de instabilidade financeira, o empreendedorismo nas comunidades está ganhando cada vez mais destaque nos estudos acadêmicos sobre mercado de trabalho e negócios no Brasil.

São jovens que se arriscam com pouco recurso em busca de uma fonte de renda. E essa necessidade costuma surgir em momentos de crise, quando cai a taxa de empregabilidade e o negócio próprio se torna uma opção. Os empreendimentos geralmente nascem nas próprias comunidades, como barracas de lanche, cabeleireiros, entre outros, tornando-se geradores de empregos e de lazer locais.

Nesse contexto, o empreendedor representa toda a parte de gestão, experiência no ramo e relação com os sócios; o negócio refere-se à mão de obra qualificada e planejamento estratégico; o ambiente externo são as burocracias e fiscais, concorrentes e distribuidores. Trabalhando esses três fatores com os jovens inscritos, aumentam as chances de sucesso dos empreendimentos criados no Inova Jovem.

Trajetória profissional se funde com os ensinamentos passados em sala de aula

A trajetória profissional de Vinícius Mendes Lima, fundador da Besouro – Agência de Fomento Social, se funde com os próprios ensinamentos que transmite em salas de aula no Brasil e na Argentina.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Nascido em uma periferia de Porto Alegre, Vinícius já na adolescência mostrava um perfil empreendedor: montou uma pequena empresa para distribuir crepes com colegas da instituição onde estudava e, poucos anos depois, mergulhou no universo das festas de formatura, chegando a montar a primeira franquia do ramo no país.

método gaúcho empreendedorismo beneficia jovens empreendedores comunidades desfavorecidas

Mas foi somente com a decisão de mudar de se mudar para a Argentina que Vinícius descobriu um novo propósito a perseguir. Começou com a identificação sobre a realidade financeira de comunidades de baixa renda no país, que chamou sua atenção para o fato de que existia um potencial comercial muito pouco explorado.

“Eu pensei: como pode ter fila em todos estabelecimentos, como esses empreendedores conseguem lidar com pessoas que, teoricamente, possuem baixíssima renda e, ao mesmo tempo, existir tanta gente consumindo”, diz Vinícius sobre seu olhar para as periferias. “Fiquei impressionado com o que me deparei na Argentina: vi uma comunidade do tamanho de uma cidade, na qual moravam cerca de 150 mil pessoas (referindo-se à comunidade Vila 31).”

Professor de marketing na Universidad de Buenos Aires (UBA), Vinícius é autor de três livros sobre empreendedorismo e a realidade de pessoas menos favorecidas: “A Riqueza das Favelas”, em que compara o universo empreendedor em duas comunidades de baixa renda, Rocinha, no Rio de Janeiro, e Vila 31, nos arredores de Buenos Aires; “Canvas das Favelas”, onde aponta caminhos para a abertura de negócios a zero ou baixo custo, com uma série de dicas e exemplos de sucesso, e o “By Necessity”, onde desenvolve a metodologia que ajudou 4,8 mil pessoas a se transformarem em pequenos empresários, a montarem o próprio negócio.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto: Divulgação/Com informações da assessoria

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar